Últimas do Mix

Deputado Dermilson Chagas chama líder da base governista de “porteiro do inferno”, na Aleam

Foto: Montagem/Mix de Notícias
Na manhã desta quarta-feira (13), o deputado estadual Dermilson Chagas (Podemos), expôs durante Sessão Ordinária na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), alguns problemas administrativos em uma escola pública do município de Tefé (distante 521 Km de Manaus).

Na fala de Chagas, foi pontuado a compra de conservas como alimentação dos alunos, livros didáticos não utilizados e ônibus do transporte escolar abandonado.

Após ser criticado na semana passada, pelo deputado Felipe Souza (Patriota), representante do governo do estado na casa legislativa, e ser chamado juntamente com Wilker Barreto (sem partido) de ‘profetas da desgraça’, por constantemente denunciarem e identificarem problemas na administração do atual governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC); Hoje, Dermilson Chagas chamou Felipe Souza de “porteiro do inferno”.

“Cadê o deputado Felipe? Líder do governo ladrão, tá aí? Então, como o líder não está aí para dar uma resposta... Wilson, o que você está fazendo com o dinheiro público? É um roubo descarado! Deputado Felipe, gostaria de ouvi-lo, gostaria de sentir a emoção de defender um governo, que comprovamos com fatos que desvia dinheiro público”, afirmou.

Continuando sua fala, Dermilson acusou Wilson Lima de formação de quadrilha.

“Infelizmente, ele que nos chama de profetas do caos, eu vou chama-lo de porteiro do inferno. Porque ele consegue minimizar o problema do chefe dele que é um quadrilheiro, um ladrão”, instigou.

Chagas afirmou ainda que formalizará uma denúncia no Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), para que a situação da escola GM3 Deputado Armando Mendes, em Tefé, seja fiscalizada.

Nenhum comentário