Últimas do Mix

Deputado denuncia abandono da AM-010 e diz que Wilson Lima está sendo enganado

Foto: Montagem/Portal Mix de Notícias
A reforma e modernização da rodovia AM-010, foi pauta de denúncias e fiscalizações dos deputados estaduais Delegado Péricles (União Brasil), Dermilson Chagas (Podemos), Fausto Júnior (MDB) e Wilker Barreto (sem partido), durante o grande expediente da manhã desta quarta-feira (03), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Para começar, Delegado Péricles mostrou algumas fotos de trechos da estrada que liga Manaus aos municípios de Itacoatiara, Itapiranga e Rio Preto da Eva, que estão com a estrutura comprometida ou tendo serviços de recapeamento de baixa qualidade, enfatizando que a estrada nunca passou por uma boa reestruturação nem no governo Wilson Lima (PSC) e nem nos anteriores, o que seria um problema que estaria crescendo ao decorrer dos anos.

De acordo com o deputado, atualmente, a AM-010 passa por um conjunto de obras de reforma e modernização que custa cerca de R$ 360 milhões.

“Olha a situação do serviço que está sendo prestado por essa empresa, da pavimentação asfáltica desse trecho. Colocaram uma camada asfáltica apenas em cima de uma camada de piçarra, é isso que está sendo feito na AM-010. Um contrato de mais de R$ 360 milhões, ou seja, não tem a base asfáltica com seixo e cimento de 20 centímetros, não tem nada. É apenas piçarra e colocado por cima essa base asfáltica. Alerto a todos que isso é grave, se possível devemos chamar essa empresa aqui na Assembleia para dar explicação, porque não é esse o serviço que ela foi contratada. Ninguém vai admitir, e é nosso trabalho fiscalizar um serviço porco desse”, afirmou Péricles.


Foto: Reprodução
Em seguida, o deputado Dermilson Chagas, um dos principais políticos de oposição ao governo de Wilson Lima, relatou que em suas andanças pela estrada, observa que o trabalho começou errado e que há muito tempo as populações dos municípios vizinhos sofrem com os riscos de rachaduras e desabamentos de trechos da rodovia.

“Essa obra aí, pode ter certeza, a pressa não é para fazer uma obra com qualidade, a pressa é para receber (...) É vergonhoso, nós sabemos que essas empresas não têm condições e nem capacidade técnica nenhuma e fizeram arranjos para amigos, não é para o povo. A estrada já não presta, ela não vai durar um ano, como já está estourando em Itacoatiara, que tem uma parte que vai para o fundo, não elevaram o tamanho da estrada e vai para o fundo de novo”, pontuou Dermilson ao falar sobre as inundações que atingem a estrada.

“Eu acredito que o Wilson (governador do Amazonas), não sabe disso, eu acredito que pela formação, ele não tem esse embasamento técnico. Ele deveria ir de surpresa pegar os professores da UEA (Universidade do Estado do Amazonas), que tem conhecimento técnico, pegar um helicóptero e levar. ‘Professor, me diga isso aqui presta ou não presta?’, aí ele vai saber se o Carlos Henrique tá mentindo ou falando a verdade, por mim ele pode ter todas as qualidades, mas está enganando o governador”, disse, citando o nome do secretario de Infraestrutura do Estado.

Dermilson também frisou que a pista da AM-010 está com falhas no asfalto, no alargamento, no acostamento e que já passou por trechos em que não tinha ninguém trabalhando.

“Em cada vez que eu vejo o governador acompanhando essa frente de trabalho, eu vejo que ele está sendo enganado ou está deixando se enganar”.

O deputado Fausto Junior pegou o gancho e afirmou que a AM-010, é a segunda estrada mais importante do Amazonas, e que essas obras precisam ser feitas com qualidade para impulsionar a economia no estado. 

"Nós precisamos nos reunir e fiscalizar para saber se essa obra, o preço pelo qual ela está sendo executada, é o preço exequível. Minha preocupação é que a AM-010, que é uma obra tão importante, tão estratégica para nosso estado nosso estado, não se transforme em uma segunda versão da Cidade Universitária e de tantas outras obras que levam a assinatura do senador Omar Aziz", alfinetou Fausto. 

Para finalizar, Wilker Barreto relatou que tem recebido denuncias de moradores da cidade de Itacoatiara, pela demora no andamento das obras. 

"Na minha opinião, nós temos que oficializar ao Tribunal de Contas, para emitir um parecer prévio, alguém tem que socorrer essa Casa. Acho que temos que fazer uma comissão, é uma obra numa rodovia estadual, apesar de ser recursos federais, mas cabe a nós deputados estaduais acompanhar a aplicação de recursos da União", sugeriu Wilker Barreto, se colocando a disposição para avaliar a situação.

Nenhum comentário