Últimas do Mix

CPI ouve nesta sexta irmãos que apontaram irregularidades na compra da vacina Covaxin

Foto: Reprodução/Instagram
A CPI da Pandemia vai ouvir nesta sexta-feira (25) o servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda e seu irmão, o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF). 

Eles afirmam que houve irregularidades na compra da vacina Covaxin pelo governo federal. O deputado disse que havia informado o presidente Jair Bolsonaro sobre essas irregularidades.

O convite tem como ponto de partida o depoimento de Luis Ricardo Miranda à Procuradoria da República do Distrito Federal, num inquérito civil público que apura suspeita de improbidade administrativa na Saúde na distribuição de cloroquina e na crise de oxigênio em Manaus. O servidor, chefe de importação do Departamento de Logística do Ministério da Saúde, afirmou que houve “pressões anormais” em relação à Covaxin por parte da alta cúpula da pasta.

De acordo com o deputado, entre os que exerceram pressão no servidor estão o ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde Élcio Franco e o coronel Marcelo Pires, que chefiou a Diretoria de Programas da pasta, de janeiro a abril, sendo exonerado com a chegada do atual ministro, Marcelo Queiroga.

Fonte: Agência Senado/Correio Braziliense

Nenhum comentário