Últimas do Mix

Faxineira é atacada com ácido por ex-patrão após discussão; assista

 

Foto: Reprodução

Uma mulher foi atacada por um idoso de 70 anos, na tarde desta segunda-feira (19), que jogou um líquido ácido no rosto dela em Catanduva (SP). A agressão foi flagrada por um vídeo e aconteceu depois de uma discussão entre a faxineira e o ex-patrão.

De acordo com informações do boletim de ocorrência – registrado pelo marido da vítima – a mulher trabalhava há cerca de três anos na casa do acusado, mas foi demitida recentemente. O homem – que é fabricante de produtos de limpeza – ficou irritado depois que a ex-funcionária derrubou um dos materiais de forma acidental, segundo o relato.

No BO foi relatado que, insatisfeito com o episódio, o idoso decidiu interromper a relação profissional, porém, não ocorreu de maneira amigável. Depois que retornou para casa, a mulher recebeu uma ligação do homem e ele teria ameaçado o filho dela, de apenas 11 anos.

Inconformada com o comportamento do ex-patrão, ela retornou à casa dele e decidiu entender o que estava acontecendo, mas os ânimos estavam exaltados. “Você não é o todo machão?”, indagou a faxineira, enquanto o fabricante saía do imóvel com uma garrafa numa mão e um pedaço de madeira na outra.

“Qual é o problema?”, respondeu o idoso, aproximando-se da vítima e despejando o ácido no rosto dela. “Vem cá, vem”, disse o suspeito, segurando-a pelos cabelos e prosseguindo com a agressão. “Nunca mais vai usar produto de beleza”, acrescentou o acusado, no vídeo.

Toda a cena foi gravada e entregue aos policiais para ajudar nas investigações. O suspeito ainda não foi localizado para prestar esclarecimentos sobre o caso, que foi registrado como ameaça e lesão corporal. A vítima ficou machucada, acabou sendo levada para o Hospital Padre Albino, recebeu atendimento médico e já foi liberada. Ela teve lesão na mão e um inchaço no olho esquerdo por conta do produto, que não foi identificado.

“A paciente foi atendida na Unidade de Urgência e Emergência e não está internada”, diz a nota da assessoria de comunicação da unidade enviada ao UOL.

Assista:





Fonte: Folhapress

Nenhum comentário