Últimas do Mix

Ministério da Defesa da Ucrânia vira alvo de críticas após forçar mulheres soldados a marchar de salto alto

Foto: Ukrainian Defence ministry press-service / AFP
Mulheres soldados estariam sendo forçadas a usar salto alto para marchar na Ucrânia. Na última sexta-feira (2), o Ministério de Defesa do país divulgou fotos de soldados fardadas marchando com sapatos de salto alto estilo scarpin.

A foto gerou polêmica pelo mundo e tornou a Ucrânia alvo de diversas críticas, incluindo de políticos de oposição que afirmam que as soldados mulheres estão defendendo o país, arriscam as próprias vidas e não merecem ser objeto de piada.

O sapato faz parte das roupas oficiais das militares, mas originalmente são usados apenas para ocasiões formais, e não para marchar com o uniforme de batalha.

Em agosto, a Ucrânia fará um desfile militar para comemorar os 30 anos de independência após o fim da União Soviética.

De acordo um dos jornais mais influentes do mundo, o ‘The New York Times’, o Ministério da Defesa desistiu da ideia.

Segundo o jornal 'The Guardian', a deputada Olena Kondratyuk afirmou que as autoridades deveriam pedir desculpas às soldados.

Segundo ela, mais de 13.500 mulheres que já lutaram no conflito entre a Ucrânia e separatistas no leste do país que são apoiados pela Rússia (mais de 13 mil pessoas morreram no conflito desde 2014).

*Com informações do G1

Nenhum comentário