Últimas do Mix

Vídeo: Cão fica pendurado pela coleira presa a elevador em movimento

 

Mulher correu para socorrer cachorro que ficou pendurado ao ser puxado por elevador em movimento — Foto: Reprodução/Facebook/Boca no Trombone PG

Câmeras de segurança de um edifício gravaram os momentos de desespero de uma mulher, quando um de seus cachorros ficou pendurado no elevador pela coleira, e a luta dela para tentar soltá-lo antes que o pet se machucasse. As imagens, que foram compartilhadas nas redes sociais, foram obtidas pelo G1 nesta quinta-feira (29) (veja vídeo acima).

O acidente aconteceu em um edifício no bairro Canto do Forte, em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na última segunda-feira (26). Apesar do susto, a tutora e seus dois animais conseguiram sair do elevador sem machucados e passam bem.


No vídeo, é possível ver a moradora entrando no elevador com os dois cães de estimação. Os animais parecem já conhecer o caminho, pois entram sozinhos e não são levados pelas coleiras, que são arrastadas pelo chão. A mulher aperta o botão de seu andar e, quando as portas do elevador se fecham, a corrente da coleira de um deles fica presa do lado de fora.

Quando o elevador entra em movimento, rapidamente o cachorro é puxado para cima, ficando pendurado pela corrente, presa na porta de ferro. A dona dos animais, que está sozinha no elevador, entra em desespero e logo começa a puxar a coleira para tentar soltar o animal, sem sucesso.

Dona dos animais não viu a coleira de um deles ficando para fora do elevador — Foto: Reprodução/Facebook/Boca no Trombone PG

Ela até consegue abrir parcialmente uma das portas do elevador e tenta tirar o animal da situação, para impedir que ele fosse enforcado pela força do equipamento, mas não consegue. Em seguida, ainda segurando o animal pendurado, a mulher liga para a portaria pelo interfone de emergência e pede ajuda.

Conforme apurado pelo G1, moradores do prédio conseguiram ouvir os pedidos de socorro da mulher e a ajudaram a soltar o animal de estimação, que não ficou ferido. A tutora também passa bem.




Fonte: G1

Nenhum comentário