Últimas do Mix

Casal russo é acusado de dois assassinatos em rituais 'satânicos' e neonazismo

 

Foto: Facebook/Reprodução

As autoridades russas anunciaram, nesta sexta-feira (20), a abertura de uma investigação contra um casal de “satânicos” por dois assassinatos em rituais. 

Segundo um comunicado do denominado Comitê de Investigação, encarregado das principais investigações criminais na Rússia, o casal Olga Bolshakova e Andrei Tregubenko, moradores da região de Moscou, se conheceram por meio de “um movimento religioso e místico de adoradores de ‘Satan’ que realizava rituais com sacrifícios humanos”.  

Segundo a imprensa russa, é a organização “Ordem dos Nove Ângulos”, um culto satânico fundado no Reino Unido e próximo ao neonazismo.

Os investigadores afirmam que Tregubenko esfaqueou até a morte uma mulher que conhecia, “com a intenção de sacrificá-la” em uma floresta de Carelia, uma região ao noroeste da Rússia.

A segunda morte “ritual” ocorreu perto de São Petersburgo. Tregubenko e Bolshakova, “em cumplicidade” com outro casal, espancaram e esfaquearam um homem até a morte.

O canal do Telegram Mash, com boas fontes policiais, informou que Olga Bolshakova aceitou cooperar com os investigadores e teria confessado seu envolvimento nos assassinatos.

O casal também é acusado de tráfico de drogas em grande escala, já que uma grande quantidade de narcóticos foi encontrada em sua casa, acrescentou o Comitê de Investigação. 





Fonte: AFP


Nenhum comentário