Últimas do Mix

Homem acusado de matar personal trainer consegue fugir da prisão em Coari

Foto: Divulgação
O principal suspeito de assassinar o personal trainer Leandro Araújo, identificado como Jhonatas Moriz Tavares, de 23 anos, conseguiu fugir da cela em que estava preso na Unidade Prisional do município de Coari (distante 450 Km de Manaus).

A fuga teria ocorrido por volta das 21h dessa terça-feira (10), quando o suspeito teria supostamente quebrado uma das grades da cela em que estava e conseguiu escapar. Jhonatas estava preso respondendo pelo crime de homicídio, que teria ocorrido no dia 6 de novembro de 2020, na academia em que a vítima trabalhava.

De acordo com as investigações, o suspeito teria contratado dois homens para irem ao local, se passando por alunos interessados em começar os treinos, mas que na verdade teriam ido para matar o personal a tiros. A motivação do crime teria sido ciúmes, envolvendo uma ex-namorada do personal trainer. Os atiradores receberam cerca de R$ 5 mil para realizar o crime.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou em nota que os policiais militares do 5° Batalhão de Polícia Militar (BPM) já iniciaram as buscas; e pede a colaboração da população para encontrar o suspeito. Quem tiver informações sobre o paradeiro do fugitivo pode ligar para (97) 99182-4473.

Nenhum comentário