Últimas do Mix

Vídeo: “Fé em Deus”, diz Flordelis no momento de sua prisão

Foto: Vitor Soares

A ex-deputada federal Flordelis foi presa no início da noite desta sexta-feira (13/8) em sua casa em Pendotiba, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, minutos após a Justiça decretar a prisão preventiva. Ela é acusada de ser mandante do assassinato do marido, pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

Um vídeo mostra o momento em que ela foi detida. Ela aparece com a cabeça coberta por um capuz. Ao ser levada pelos agentes para fora da residência, a pastora, que parece carregar uma Bíblia nas mãos, diz: “Amo vocês. Fé em Deus.” Assista:


Entenda o caso

A decisão da prisão é da juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, responsável pelo processo, que tramita na 3ª Vara Criminal de Niterói. A magistrada também determinou a proibição de contato entre Flordelis e outros réus, todos presos. A ex-parlamentar deve ser levada para um presídio diferente dos que estão detidos os outros acusados.

Até quarta-feira (11/8), Flordelis tinha imunidade parlamentar e respondia em liberdade, mas com uso de tornozeleira eletrônica. No entanto, ela teve o mandato cassado pelo plenário da Câmara dos Deputados. Com isso, o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) encaminhou à Justiça o pedido de prisão nesta sexta-feira.

O promotor Lucas Caldas Gomes Gagliano ressaltou, no pedido do MP, que Flordelis planejou o crime e influenciou membros da família a participarem do assassinato, que ocorreu em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Segundo o órgão, Flávio dos Santos, filho biológico, efetuou os disparos e Lucas César dos Santos intermediou a negociação da pistola 9mm utilizada no crime.

Outra filha biológica, Simone dos Santos Rodrigues, afirmou em uma audiência que era abusada sexualmente pelo pastor e confessou que pagou R$ 5 mil para a irmã Marzy Teixeira da Silva colocar o plano em prática. Ela também disse ter jogado no mar os celulares de Flordelis, Lucas e Anderson para destruir provas.

Flordelis refuta a participação no crime e acusa sua filha Simone de ser a autora.

Fonte: Metropoles

Nenhum comentário