Últimas do Mix

Vídeo: Girão se confunde e chega a votar contra próprio destaque na CPI

Reprodução - TV Senado

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) se confundiu, em sessão na CPI da Covid-19 desta quinta-feira (19/8), e, por pouco, não votou contra o próprio destaque. O parlamentar pediu que o presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), votasse requerimentos em separado dos demais aprovados em globo pelo colegiado.

Girão pediu para destacar todos os requerimentos que tinham como alvo blogs, sites, portais e jornalistas acusados de disseminação de fake news. O senador classificou os pedidos, em sua maioria de quebras de sigilo, como “covarde intimidação” ao trabalho da imprensa.

“O que esta CPI está fazendo com os movimentos conservadores é um atentado sem precedentes à liberdade de expressão, uma covarde intimidação, uma verdadeira censura, só pelo fato de esses meios propagarem ideias tradicionais e conservadoras”, disse.

Atendendo ao pedido do senador, Aziz colocou o destaque em votação e solicitou que quem fosse contrário a votar os pedidos de forma individualizada e separada levantassem o braço. Girão levantou e logo foi alertado por senadores governistas. Um assessor legislativo abaixou o braço do senador.


Veja o momento:





Fonte: Metrópoles 

Nenhum comentário