Últimas do Mix

Carro explode após troca de óleo em hipermercado

 

Após ter problemas com uma troca de óleo no Walmart Auto Center de Phoenix, nos EUA, Nikki Smith perdeu seu Jeep Cherokee, que explodiu no estacionamento do hipermercado
(Foto: Instagram/kalina.luella/Reprodução)

No último domingo, Nikki Smith, que mora em Phoenix, no Arizona (EUA), levou seu Jeep Cherokee até o Walmart Auto Center para trocar o óleo, mas, segundo ela, isso levou a problemas que ocasionaram na explosão do carro e, por pouco, não a vitimou junto com a filha de 3 anos.

Em entrevista ao site americano de fofocas TooFab, Nikki conta que levou o carro ao hipermercado para uma troca de óleo de rotina e que o único problema que o veículo possuía era um vazamento no reservatório do limpa-vidro – que ela já havia consertado no mesmo Walmart.

Como revela o site, a americana é mãe solteira e dona do carro há mais de um ano. O veículo é usado por ela de segunda a sexta para locomover entre seus dois empregos.

“Depois que levei meu carro no Walmart, comecei a notar que estava andando de maneira estranha e agindo como se não ‘quisesse’ ser guiado. Então notei um vazamento de fluido na grade”, diz Nikki Smith ao TooFab.

Ao levantar o capô, ela descobriu que a tampa do reservatório de óleo não havia sido recolocada, o que ocasionou vazamento por todo o motor. Conforme a americana, o Walmart concordou em trocar o óleo de novo, gratuitamente, e “limpar a bagunça” – eles até disseram que o funcionário responsável havia sido demitido.

Mas assim que Nikki deixou as instalações do hipermercado, novamente o Jeep Cherokee parecia estar com problemas.

“Eu estava com várias luzes de alerta acesas no painel do carro. Nunca tinha visto antes isso. O carro também começou a fumar e não estava acelerando mais que 32 km/h”, conta ao site de fofocas.

Desta vez, o Walmart pediu que Nikki Smith levasse o veículo a uma oficina da rede de hipermercados para um diagnóstico completo. Mas como o local estava fechado, ela foi forçada a levar o carro “capenga” de volta para casa e retornar na primeira hora da manhã. E foi a última vez que viu o carro inteiro.

Ela afirma ao TooFab que dois minutos após estacionar e entrar no escritório do gerente, um funcionário correu atrás dela para informar que havia fumaça saindo do carro. Quando chegaram ao estacionamento, o Cherokee estava pegando fogo e, em seguida, explodiu – ele custa, em média US$ 28.135 (cerca de R$ 144.895).

Felizmente, sua filha, que normalmente viaja para todos os lugares com ela, ficou com a avó nesse dia, revela o site americano.

O bizarro incidente ocorrido com Nikki Smith foi compartilhado por ela numa live compartilhada no Instagram. Seus seguidores puderam ver o carro todo destruído.

Após a tragédia, de acordo com o site de fofocas, o gerente do Walmart Auto Center foi antipático e disse que não havia nada que pudesse fazer para ajudar Nikki.

“Ele não se desculpou por esse problema doloroso ou mesmo ofereceu qualquer ajuda. Minha família e eu poderíamos ter perdido nossas vidas e ele acha que estou tentando tira vantagem do Walmart. Trabalho muito por tudo que tenho. Trabalho em dois empregos para sustentar minha filha e agora nem tenho veículo para ir a nenhum dos meus empregos. Vim para o Walmart com um carro perfeitamente bom e tive que caminhar para casa sem nada”, afirma a americana, citada pelo TooFab.

Procurado pelo site, o Walmart enviou a seguinte declaração: “Estamos cientes da situação e continuaremos trabalhando com a cliente até que o assunto seja concluído”.

Enquanto isso, Nikki Smith criou um perfil no dite GoFundMe, de financiamento coletivo, para ajudar a pagar o aluguel de um carro para que possa continuar trabalhando. Até o momento (3/9), ela arrecadou US$ 575 (cerca de R$ 2.978).





Fonte: Trends BR

Nenhum comentário