Últimas do Mix

Central Integrada de Fiscalização realiza vistoria em 36 estabelecimentos durante o final de semana


                                                                                               Foto:divulgação
                 


Entre a noite de sexta-feira (24/09) e a madrugada de hoje (27/09), agentes da Central Integrada de Fiscalização (CIF) realizaram vistorias em 36 estabelecimentos para verificar o cumprimento das regras de prevenção à Covid-19. Durante as fiscalizações, nove locais foram fechados pelos agentes por diversas irregularidades encontradas.

Na sexta-feira, o evento “Sextas Intenções”, no Balneário Fast Clube, localizado na avenida Desembargador João Machado, bairro Alvorada, zona centro-oeste, foi encerrado com a chegada dos fiscais. A Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus) autuou o estabelecimento por promover aglomeração de pessoas. De acordo com os agentes, mais de 600 pessoas estavam no local.

No sábado (25/09), os fiscais encerraram uma festa clandestina com 300 pessoas. O evento estava acontecendo no estabelecimento Forró do Tadeu, localizado na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona centro-oeste. Segundo as equipes de fiscalização, várias pessoas estavam aglomeradas no local.

A festa clandestina Atrasadinha, que acontecia na avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, zona oeste, foi encerrada com a presença dos fiscais da CIF. No local foi constatada a presença de aproximadamente 600 pessoas.

Já no Open House, as equipes constataram que no local não possuía álcool em gel suficiente, não havia cartazes com orientações de medidas preventivas e distanciamento social. O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) autuou o evento por não possuir alvará de funcionamento.

No domingo (26/09), o estabelecimento Ferro de Engomar, na rua Dois, bairro Lírio do Vale, zona norte, foi encerrado pela CIF por não apresentar a documentação obrigatória para funcionar. O Atlético Rio Negro Clube também teve as atividades encerradas pelos agentes.

Ação integrada – Coordenada pela SSP-AM, a CIF está focada no cumprimento das regras de prevenção da Covid-19, desde junho de 2020, quando o comércio da capital amazonense começou seu processo de reabertura gradual, após o isolamento imposto para contenção de casos. Seguindo determinação do secretário de Segurança Pública, general Carlos Alberto Mansur, a CIF teve suas ações ampliadas.

A CIF conta ainda com apoio das polícias Civil e Militar, CBMAM, agentes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Visa Manaus, Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) e Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM).














Nenhum comentário