Últimas do Mix

EP de Juliette despenca no Spotify 5 dias após estrear com recorde

 

Foto: Reprodução

Fenômeno musical ou fogo de palha? Após estrear em alta no Spotify, com direito a quebra de recorde, Juliette Freire tem despencado dia após dia na plataforma de streaming com seu EP, registrando cada vez menos audições por parte dos fãs.

Lançado na última quinta-feira (2/9), o álbum alcançou o posto de melhor estreia nacional da história do Spotify. Em 24 horas, a campeã do BBB21 teve 5.957.879 milhões de streams. Na sexta-feira (3/9), a música Diferença Mara ocupou a segunda posição do Top 50 Brasil.

Mas a partir daí, tudo foi ladeira abaixo. No sábado (4/9), a mesma música já estava na 24ª posição. Domingo, despencou para 43º lugar da lista. E na segunda-feira conseguiu recuperar uma posição no ranking, fechando em 42º.

Vixe, Bença, Doce, Sei Lá e Benzin também passaram as primeiras 24 horas no Top 50 do Spotify, mas no domingo as cinco músicas já haviam saído da lista. Atualmente elas ocupam as posições 59, 65, 82, 94 e 97 do ranking, respectivamente.

Para comprovar a queda abrupta e pouco convencional, quando uma música cai no gosto popular ela costuma ficar ao menos uma semana nas primeiras posições.

É o exemplo de Chega e Senta, de John Amplificado, que há mais de uma semana alterna com Meu Pedaço de Pecado, de João Gomes, entre as primeiras e segunda posições.

Para evidenciar ainda mais a queda de Juliette com seu álbum, somamos a quantidade de streams que ela obteve na segunda-feira com suas seis músicas e o total foi de 1.363.974, ou seja, sofreu uma queda de mais de 77% no interesse dos usuários do Spotify.




Fonte: Metrópoles

Nenhum comentário