Últimas do Mix

Jovem raspa cabeça após passar em medicina e descobre que lista de aprovados estava errada

 

Gabriel Zimermann teve cabelo raspado e corpo pintado em comemoração à ‘aprovação’ (Gabriel Zimermann/Arquivo Pessoal)

A alegria do estudante Gabriel Zimermann, de 20 anos, pela aprovação no vestibular de medicina durou pouco menos de 24 horas. Isso porque o nome do jovem constava na lista de aprovados da UFPR (Universidade Federal do Paraná) na terça-feira (31) e, já no dia seguinte (1°), uma atualização fez com que seu nome e de outros 30 alunos fossem trocados por outros. Gabriel já havia até comemorado com a família e amigos, e chegou a raspar o cabelo para cumprir a tradição dos calouros.


A UFPR emitiu uma nota, na quarta-feira (1°), explicando que houve uma retificação na lista de aprovados, por conta de uma falha ocorrida no processamento dos resultados. Segundo a instituição, o erro fez com que as notas de produção de texto não fossem computadas e, ao serem processadas, os aprovados no vestibular acabaram mudando (leia nota na íntegra abaixo).

Ao BHAZ, Gabriel Zimermann, que mora em Curitiba, no Paraná, conta que estava há 4 anos estudando para passar em medicina, e que a UFPR era seu principal foco. Segundo o estudante, ele e a família ficaram muito felizes com a notícia da aprovação, e fizeram os tradicionais trotes e comemorações.

Família comemora e faz trotes

“Eu fiquei muito feliz, comemorei muito com a minha família, a gente chorou todo mundo junto. Eles fizeram todos os trotes, cortaram meu cabelo, me sujaram inteiro. Chamei alguns amigos próximos para vir aqui em casa, a gente comemorou todos juntos, foi muito legal, uma emoção sem comparação”, relata o jovem.

Gabriel teve cabelo raspado e rosto pintado (Gabriel Zimermann/Arquivo PessoalNo entanto, a alegria de Gabriel e de sua família foi interrompida na noite de quarta-feira, quando um amigo avisou para ele que a UFPR havia publicado um comunicado sobre a lista de aprovados. “Quando ele mandou isso, já fiquei bem apreensivo, aí eu fui conferir se meu nome ainda estava lá, e não achei o meu nome”, relembra.

“Fiquei olhando lá umas cinco vezes ainda para ver se era isso mesmo, e fiquei sem reação, não sabia mesmo o que dizer, não sabia como contar para as pessoas, para a minha família. No começo ninguém acreditou, acharam que era brincadeira, foi uma sensação bem horrível”, diz Zimermann.
Estudantes enganados pedem vagas

De acordo com a nota da UFPR, a instituição identificou a falha após a publicação da primeira lista, no dia 31, “tornando necessária a substituição de 31 dos 4.229 nomes que constavam nesta lista por outros que não estavam listados”. Esses 31 alunos criaram um perfil no Instagram, chamado “Justiça UFPR 31”, para chamar atenção para o caso.

No perfil, os estudantes explicam que criaram a conta na rede social para pedirem que essas 31 pessoas sejam encaixadas nas vagas da UFPR. “Que essas vagas retiradas de cada um possam ser remanejadas em cada período (1° e 2°) de cada curso afetado, que assim possamos ter justiça por cada um dos vestibulandos afetados”, reivindicaram.


Gabriel é um dos estudantes que está por trás da divulgação do perfil, e assume que além de reivindicarem por novas vagas para os 31 estudantes, eles esperam melhores explicações da universidade. “Que eles possam dar uma explicação mais objetiva, falar alguma solução possível, mostrar uma maneira de solucionar isso. Porque a forma como eles divulgaram as respostas foi bem desumana, na minha opinião”.

UFPR lamenta ocorrido

Ainda na nota, a universidade federal lamentou o ocorrido e chamou a atenção para as chamadas complementares, que abrem a possibilidade de ingresso de mais alunos nos cursos da instituição. As 31 vagas que foram destinadas a novos alunos fazem parte dos seguintes cursos:

  • Odontologia, Fisioterapia, Biomedicina e Medicina Veterinária (Curitiba): 1 vaga em cada curso;
  • Direito (manhã): 2 vagas;
  • Medicina (Curitiba): 21 vagas; e,
  • Medicina (Toledo): 4 vagas.

A instituição também explicou como se deu a falha no sistema e como ocorre o processo de correção dos vestibulares. Conforme esclarecido, as notas das produções de textos não foram incrementadas. “Lamentavelmente, esta falha somente foi percebida após a divulgação da lista de aprovados”, diz um trecho do comunicado.

Depois disso, o NC/UFPR (Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná) suspendeu os passos seguintes do processo, como a divulgação do desempenho individual nas provas e a abertura de envio de documentos dos alunos. “A UFPR determinou a instalação de Comissão de Sindicância para apurar todos os fatos e eventuais responsabilidades”, concluiu.


Nota explicativa da UFPR na íntegra

A Universidade Federal do Paraná (UFPR), por meio do Núcleo de Concursos (NC/UFPR), publicou na noite desta quarta-feira, 01/09/2021, uma versão retificada da lista de aprovados no Processo Seletivo 2020/2021.

A retificação foi necessária em virtude de uma falha ocorrida no processamento dos resultados, que fez com que deixassem de ser computados os ajustes nas notas de produção de texto decorrentes de recursos interpostos por candidatos e que, após a análise por parte da Banca Examinadora, foram deferidos.

A falha foi identificada logo após a divulgação da primeira lista, ainda na tarde de terça-feira (31/08/2021), tornando necessária a substituição de 31 dos 4.229 nomes que constavam nesta lista por outros que não estavam listados.

Essas 31 vagas estão distribuídas por sete cursos, do total de 127 ofertados pela UFPR, da seguinte forma:

  • Odontologia, Fisioterapia, Biomedicina e Medicina Veterinária (Curitiba): 1 vaga em cada curso;
  • Direito (manhã): 2 vagas;
  • Medicina (Curitiba): 21 vagas; e,
  • Medicina (Toledo): 4 vagas.

O NC/UFPR lamenta profundamente o ocorrido e reforça que se tratou de uma falha pontual que não afeta a idoneidade do Processo Seletivo e, tampouco, a integridade do sistema de processamento.

Chamadas Complementares e Matrículas

Cumpre ressaltar que, historicamente, a UFPR faz uma ou mais Chamadas Complementares para muitos dos cursos que oferece anualmente. Os candidatos devem ficar atentos a essas Chamadas Complementares, que abrirão a possibilidade de ingresso de mais alunos nos cursos em questão, bem como em todos os demais cursos da universidade.

A UFPR informa, ainda, que o prazo para o processo de envio de documentos para o registro acadêmico se estenderá até as 23h59min do dia 08/09/2021.

As informações sobre o desempenho individual dos candidatos também já estão disponíveis no site oficial do NC/UFPR.

A falha

No Processo Seletivo UFPR 2020/2021 que foi realizado em fase única, dos recursos referentes à prova de produção de textos, 467 foram deferidos, resultando no incremento na nota desses candidatos.

Para a incorporação desses incrementos às notas dos candidatos foi construído um programa capaz de rodar os ajustes preservando a integridade do banco de dados.

Antes da divulgação das notas finais de todos os candidatos o referido programa foi executado, verificando-se a sua integridade. O banco de dados foi, então, processado, desta feita, para incorporar as notas dos recursos deferidos. Entretanto, por uma falha no processamento, o comando commit não foi executado, fazendo com que o banco de dados retornasse ao seu estado anterior.

Lamentavelmente, esta falha somente foi percebida após a divulgação da lista de aprovados, momento em que, por medida de segurança, o NC/UFPR suspendeu os passos subsequentes do processo, tais como, a divulgação do desempenho individual e a abertura do processo de envio dos documentos para o registro acadêmico, até que se tivesse a certeza da ocorrência e da solução a ser implementada.

A UFPR informa aos candidatos e à comunidade que já determinou a instalação de Comissão de Sindicância para apurar todos os fatos e eventuais responsabilidades.

Curitiba, 1º de setembro de 2021.

NC/UFPR
Banca Examinadora





Fonte: BHAZ

Nenhum comentário