Últimas do Mix

Juíza proíbe fabricante de ivermectina de indicar medicamento para tratamento da Covid-19

 

                                                                Foto:divulgação


A  juíza Maria Christina Berardo Rucker, da 2ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, determinou nesta quinta-feira (2), que a Vitamedic Industria Farmacêutica, uma das fabricantes da ivermectina no Brasil, retire imediatamente de seu site e redes sociais quaisquer publicações sobre o uso do medicamento como tratamento precoce para a Covid-19.

O remédio não tem eficácia cientificamente comprovada contra a doença causada pelo novo coronanívus e assim não tem aprovação de órgãos reguladores para tal uso específico.

A magistrada também ordenou que a empresa se abstenha de fazer novas publicações sobre o tema e ainda promova contrapropaganda, com mensagem retificadora e campanha de informação a respeito da indicação autorizada de uso do medicamento.


De acordo com o despacho assinado por Maria Cristina, as retificações serão previamente submetidas ao juízo e deverão esclarecer que a ivermectina é indicada ‘para o tratamento veiculado na bula, não sendo indicado/autorizado nos termos dos órgãos oficiais para o uso no tratamento da Covid-19’.


Fonte: Estadão Conteúdo

Nenhum comentário