Últimas do Mix

Mulher e filho de Schumacher falam sobre saúde do ex-piloto: ‘Michael está diferente, mas está aqui’

Foto: Reprodução

O estado de saúde de Michael Schumacher, heptacampeão da Fórmula 1, é mantido em sigilo pela família desde o acidente nos Alpes Franceses, em 29 de dezembro de 2013. O alemão bateu com a cabeça em uma pedra e sofreu um grave traumatismo craniano.

A família deu depoimentos para a série ‘Schumacher’, que está sendo produzida por uma empresa alemã e será exibida para a Netflix. Em trecho divulgado, Corinna Schumacher, esposa do ex-piloto, fala sobre o estado atual do marido, sem dar grandes detalhes. O alemão está em uma espécie de estado vegetativo e sofre de atrofias musculares devido o período acamado.

“É claro que sinto falta de Michael todos os dias. Mas não sou só eu que sinto falta dele: os filhos, a família, o pai dele (a mãe de Schumacher, Elisabeth, morreu em 2003), todos ao seu redor. Todo mundo sente falta de Michael, mas Michael está aqui. Diferente, mas ele está aqui, e isso nos dá força. Estamos juntos. Moramos juntos em casa, fazemos terapia. Fazemos tudo o que podemos para tornar Michael melhor e para nos certificarmos de que ele se sinta confortável e simplesmente sinta nossa família, nosso vínculo. E não importa o que aconteça, farei tudo o que puder. Todos nós iremos”, afirma Corinna.

“Estamos tentando continuar como família do jeito que Michael gostava e ainda gosta. E estamos seguindo com nossas vidas. “Privado é privado”, ele sempre dizia. É muito importante para mim que ele possa continuar a desfrutar de sua vida privada tanto quanto possível, Michael sempre nos protegeu, agora estamos protegendo Michael”, explica a esposa do heptacampeão.

O filho do astro das pistas, Mick Schumacher, que segue os caminhos do pai dentro da Fórmula 1, deu um depoimento sincero sobre a falta que sente de conversar com Schumacher e dos conselhos que poderia receber.

“Desde o acidente, esses momentos em família, que acredito que muitas pessoas passam com os pais, não estão mais presentes, ou em menor grau, e a meu ver isso é um pouco injusto. Acho que pai e eu nos entenderíamos de uma forma diferente agora, simplesmente porque falamos uma linguagem semelhante, a linguagem do automobilismo, e sobre o qual teríamos muito mais o que conversar. E é aí que minha cabeça está na maior parte do tempo, pensando que seria muito legal. Eu desistiria de tudo só por isso”, afirma o piloto da Haas.

Michael Schumacher permanece recluso ao lado da família em Maribel, cidade da Espanha. Na Fórmula 1, o super astro conquistou 91 vitórias e sete títulos mundias.




Fonte: Parceria Lance & IstoÉ

Nenhum comentário