Últimas do Mix

Mulher tem 90% do corpo queimado após tentativa de cozinhar com álcool

Fernando Lopes/iStock

Uma mulher teve o corpo 90% queimado após tentar esquentar cozinhar utilizando álcool combustível em Osasco, na Região Metropolitana de São Paulo. Segundo o Corpo de Bombeiros, além dela, um bebê, de 7 meses, também ficou ferido com 50% do corpo queimado. 

Ao "Brasil Urgente", a proprietária do imóvel que a mulher reside informou que ela optou por utilizar o álcool na cozinha por não ter dinheiro para comprar um botijão de gás. "Ela estava sem dinheiro para comprar o gás. Eu vi ela fazendo isso já há uns dois dias", comentou a mulher, identificada apenas como Mônica. "Ela estava fazendo comida e a mamadeira para o bebê. E aí então explodiu."

De acordo com os Bombeiros, a mãe será levada ao Pronto-Socorro do Hospital Geral Vila Penteado e o bebê ao Hospital das Clínicas. Hoje, o presidente da Associação Brasileira dos Revendedores de GLP (Asmirg), Alexandre Borjaili confirmou que o gás de cozinha já está custando mais 7% para os consumidores devido a um ajuste feito pelas distribuidoras do produto. 

De acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do botijão de GLP de 13 Kg entre 22 e 28 de agosto era de R$ 93,65, sendo que em algumas localidades o produto chega a custar R$ 130,00. 





*Com informações do Estadão Conteúdo

Nenhum comentário