Últimas do Mix

OMS afirma que casos de vaca louca no Brasil não oferecem risco






A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) informou, na segunda-feira (6), que os dois casos atípicos do mal da vaca louca, registrados em frigoríficos de Belo Horizonte e de Nova Canaã do Norte (MT), não representam risco para a cadeia de produção bovina do país.

“Os informes foram apresentados pelo Serviço Veterinário Oficial do Brasil. Os casos ocorreram de forma independente e isolada e foram confirmados pelo laboratório de referência internacional da OIE, localizado no Canadá, na última sexta-feira (3)”, disse o Mapa em nota.

O registro dos dois casos provocou a suspensão das exportações para a China, em cumprimento ao protocolo sanitário firmado entre o país e o Brasil.

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), a China segue como principal destino da carne brasileira. No mês de julho, o volume total de exportação foi de 91.144 toneladas, com crescimento de 11,2%.

Segundo o Mapa, a EEB atípica ocorre de maneira espontânea e esporádica e não está relacionada à ingestão de alimentos contaminados.

*Com informações G1

Nenhum comentário