Últimas do Mix

Peão brasileiro é pisoteado e morto por touro nos EUA

 

Reprodução - G1

Uma notícia triste abalou o mundo dos rodeios neste último domingo (29). Amadeu Campos Silva, de 22 anos, morreu após ser pisoteado por um touro em uma competição mundial que acontecia na Califórnia, nos Estados Unidos.

O peão, natural de Altair, interior de São Paulo, teve os primeiros socorros ainda na arena e foi levado às pressas para o hospital Community Regional Medical Center, localizado na região de Fresno. Mesmo com o socorro imediato, Silva não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Esse tipo de competição é bastante popular nos Estados Unidos, e reúne os melhores peões de diversos países. O Brasil tem tradição em competições assim e muitos peões conseguem relativo destaque ano após ano em desafios internacionais, tais como o que, infelizmente, levou à morte de Amadeu.

A PBR (Professional Bull Riders) lamentou em nota a perda de Amadeu, destacando a sua importância no atual cenário do rodeio. “Amadeu era uma estrela em ascensão em nosso esporte; um cowboy com tanto potencial dentro e fora da arena. Toda a PBR e este esporte amplia os pensamentos, orações e sinceras condolências à família e amigos de Amadeu”, dizia parte do texto emitido pela liga esportiva responsável pelo evento..

Carreira

No ano de 2019, Silva foi vice-campeão nas finais brasileiras no Velocity Tour, no Texas. Neste ano, ele estava tentando alcançar novamente o nível de elite da competição. Amadeu fez seu nome no Brasil e esteve presente em competições importantes, como em Barretos.





Fonte: I7 News

Nenhum comentário