Últimas do Mix

Companhia troca salto alto por tênis e aposenta saia de aeromoças

Foto: Reprodução/Reprodução
Alexandrina Denysenko, uma aeromoça sênior com sete anos de experiência, diz que às vezes não tem um minuto livre para sentar-se durante um voo. Ela “sonha” em descansar suas pernas inchadas depois de passar horas usando saltos altos.

A SkyUp Airlines, companhia aérea privada ucraniana que emprega Denysenko, decidiu dar um fim aos saltos finos e saias lápis depois de colher o feedback das comissárias de bordo sobre seu uniforme.

O novo uniforme da SkyUp para mulheres agora inclui tênis Nike brancos e um terno laranja solto, com calças e um lenço de seda, ambos fabricados por marcas ucranianas. As camisetas brancas substituirão as blusas.

“Os sapatos de salto alto estão lindos, não discuto com isso, mas os pés sofrem e incham ao final do voo. Os tênis são absolutamente incríveis”, disse Denysenko à Reuters.

“Deus nos livre, mas se a tripulação tiver que fazer um pouso na água e uma evacuação, os saltos podem danificar a escada e não será muito confortável nadar com uma saia”, acrescentou a aeromoça.

A companhia disse que eles pesquisaram a história dos uniformes da tripulação e decidiram abandonar o que chamaram de elementos “conservadores” do visual de uma comissária de bordo. 

Tranças agora vão substituir o coque ou o rabo-de-cavalo apertado.

Aeromoças da SkyUp Airlines com novo uniforme da companhia / Divulgação/SkyUp

“Descobrimos que, apesar da imagem de uma comissária de bordo feminina ser muito romantizada, seu trabalho exige muito treinamento físico”, disse a chefe do departamento de marketing da SkyUp Airlines, Marianna Grygorash.

O novo uniforme será lançado oficialmente no dia 22 de outubro.

Grygorash disse que a empresa também planeja lançar um novo uniforme para a tripulação masculina: um terno leve em vez de um colete, e uma camiseta no lugar de uma camisa, que será combinada com tênis Nike preto.

“Se o mundo inteiro e todos os fashionistas usam tênis, por que não trazê-lo para a aviação?” disse Zoryana, comissária de bordo.

Fonte: CNN

Nenhum comentário