Últimas do Mix

Queiroga anuncia verba de R$ 40 milhões para o programa Melhor em Casa

 

Reprodução - Metrópoles

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou nesta segunda-feira (8/11) o investimento de cerca de R$ 40 milhões no programa Melhor em Casa, do Ministério da Saúde. Em evento comemorativo aos dez anos do programa de atendimento domiciliar, o titular da pasta afirmou que será assinada portaria nesta terça-feira (9/11) que garante habilitação de novas equipes e destinação de verba para a iniciativa.

O programa Melhor em Casa é uma parceria do Ministério da Saúde com os municípios, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e garante atendimento domiciliar a pacientes de todo o país.

O público-alvo são pessoas de qualquer faixa etária que necessitem de cuidados diários para recuperação de problema agudo de saúde, seja por infecções, traumas, descompensações de doenças crônicas ou pessoas com necessidade de cuidados paliativos, como pacientes com doenças terminais.

A portaria anunciada por Queiroga destinará recursos para a habilitação de 116 equipes do programa.

Em 2021, o investimento beirou R$ 540 milhões para a iniciativa, segundo o ministro. “Vamos continuar trabalhando para ampliar o acesso dos brasileiros às políticas públicas”, explicou Queiroga.

O ministro também reforçou a importância da vacinação para o enfrentamento da pandemia e a função do SUS de amparar a população.

Vacinação

A população totalmente vacinada nos estados, ou seja com duas doses ou com a aplicação única da Janssen, varia entre 27% e 68%. São Paulo (68,7%), Mato Grosso do Sul (64,7%) e Rio Grande do Sul (61,5%) têm os melhores índices.

Desde o início da pandemia, o Ministério da Saúde distribuiu 344,1 milhões de doses, sendo que 277, 8 milhões já foram aplicadas entre primeira, segunda e dose única.




Metrópoles*

Nenhum comentário