Últimas do Mix

Membros de organização criminosa são presos com R$ 100 mil em notas falsas, em Manaus

Foto: Divulgação
Membro de uma suposta organização criminosa, identificados como: Antônio Nazareno de Souza Filho, 30; Emanuel Ferraz de Jesus, 37; Gabriel Washington Carvalho Reis, 24; e Josafá Castilho de Araújo, 27, foram presos por aplicar golpes e por participarem de um esquema de lavagem de dinheiro em Manaus.
 
O delegado Gesson Aguiar, titular do 17º Distrito Integrado de Polícia (DIP), afirmou que os meliantes já estavam sendo monitorados, e que nas investigações, foi constatado que o bando recebia e distribuía notas falsas de dinheiro.

Ainda de acordo com as investigações, as notas falsas vinham de Brasília (DF), e eram adquiridas como produtos por um site de compra e venda.

“Esses indivíduos aplicavam golpes que lesavam os vendedores. Após as investigações, chegamos a um dos membros, que tinha em sua posse mais de R$ 10 mil em notas falsas. Mas, segundo o grupo criminoso, eles já haviam movimentado mais de R$ 100 mil”, destacou o delegado.

Os suspeitos afirmaram que compravam os produtos para aplicar os golpes, com recursos do próprio crime, e que agiam em parceria com outros integrantes em Brasília, que faziam os envios dos valores pelos correios.

Na última terça-feira (30), os policiais localizaram dois suspeitos. Emanuel foi preso no bairro São José Operário, na zona Leste, e Antônio, no bairro Cidade de Deus, na zona Norte da capital amazonense.

No dia seguinte, Josafá e Gabriel foram localizados nos bairros Jorge Teixeira e Educandos, zonas Norte e Sul de Manaus, onde foram apreendidos R$ 10 mil e alguns produtos eletrônicos.

Nenhum comentário