Últimas do Mix

Morre em Manaus, jornalista Haroldo Furtado de Paiva

Foto: divulgação

Faleceu nesta quinta-feira, 16, o jornalista Haroldo Furtado, de 73 anos. Ele estava internado no hospital da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), em Manaus. 

Haroldo, foi secretário de comunicação dos governadores do Amazonas, Amazonino Mendes, e Gilberto Mestrinho, nas décadas de 80 e 90, e lançou o jornal O Estado do Amazonas, encerrado na década de 80.

O jornalista, ainda era funcionário do Governo do Estado, na Secretaria do Trabalho (Setrab). Mas, também investiu no próprio negócio, no ramo gráfico. 

Confira o comunicado da família:

"É com grande pesar que a família comunica o falecimento do Jornalista Haroldo Furtado de Paiva.Com sua inteligência, seriedade e a busca constante pela notícia completa e bem apurada, Haroldo Furtado marcou época no jornalismo Amazonense à frente das mais importantes coberturas da história recente de nosso Estado. [...] A família lamenta sua partida, mas com a certeza de que Haroldo deixou seu legado às novas gerações de jornalistas Amazonenses."

O prefeito de Manaus, David Almeida, lamentou com pesar a morte do jornalista.“Estou em oração pela família e amigos do jornalista Haroldo, que muito contribuiu com o jornalismo local”, declarou.

O vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta,também lamentou profundamente a morte do jornalista. “Perdemos uma pessoa muito querida. Que Deus, em sua infinita bondade, receba o Haroldo e seja o alento de seus familiares e amigos”, disse o vice-prefeito.


Nenhum comentário