Últimas do Mix

Mulher é enterrada viva pelo próprio namorado após ser agredida e amarrada: ‘Castigo’

 

Valdenice está sendo cuidada por familiares (Reprodução/Redes sociais)

Uma mulher de 53 anos foi encontrada com vida e amarrada em uma cova rasa após ter sido enterrada pelo próprio companheiro. Valdenice Alves estava desaparecida desde 29 de novembro em Barro Preto, no Sul da Bahia. O parceiro dela confessou o crime e disse se tratar de um “castigo”, pois ela queria se relacionar com outra pessoa.

A vítima foi encontrada em uma região de mata fechada na última quinta-feira (9). Valdenice tinha sinais de pancada na cabeça e foi levada para o hospital onde passou a noite em observação. Ela já está em casa, mas ainda fragilizada e não consegue detalhar tudo que sofreu. As informações são do O Globo.

Valdenice desapareceu após ir passar alguns dias com o companheiro. A família procurou a polícia e registrou queixa do desaparecimento. Ela foi encontrada após o suspeito ter sido localizado pela polícia e confessado o crime.

O homem contou ter tido uma discussão com Valdenice, no último domingo (5), e que a empurrou. A vítima caiu e bateu com a cabeça no chão, ficou desacordada e após ser reanimada chegou a ser amarrada e enterrada com vida na cova rasa.

‘Castigo’

A motivação do crime foi ciúmes. O delegado Evy Paternostro, da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior de Itabuna, informou que o agressor fez tudo para castigar e punir a companheira.

Em um vídeo recebido pela família da vítima, o homem aparece confessando as violências praticadas contra Valdenice. Ele afirmou ter amarrado a mulher e enterrado em uma cova de três palmos, mesmo ela estando viva.

Valdenice estava com lesões, desidratada e com sinais de confusão mental, no momento em que foi encontrada. O homem foi preso por cárcere privado e já foi solicitada a prisão preventiva.





BHAZ*

Nenhum comentário