Últimas do Mix

Mulher é presa suspeita de se passar por motorista de app para cometer assaltos em Manaus

Foto: Divulgação
Uma mulher, identificada como Miriam Santos de Oliveira, de 23 anos, acabou presa na madrugada desta quinta-feira (13), suspeita de participar de uma organização criminosa que fazia arrastões pela capital amazonense.

A mulher foi presa no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus, por volta das 05h30.

Segundo o delegado Torquato Mozer, titular do 30° Distrito Integrado de Polícia (DIP), a quadrilha estava acostumada a organizar e planejar assaltos seguindo o mesmo modus operandi, das 5h30 às 7h, naquela área da cidade, usando um veículo da marca Renault, modelo Kwid, de cor branca.

“Esse horário costuma ser o período que as pessoas estão saindo de suas residências com destino aos seus locais de trabalho. Miriam atuava com outros indivíduos e, na ocasião do crime, eles abordavam as vítimas e subtraíam seus pertences pessoais, como aparelhos celulares”, detalhou o delegado.

Ainda conforme a Polícia, a mulher era usada para dirigir o veículo do grupo. Miriam teria alugado um carro, afirmando que iria usar o veículo para trabalhar como motorista de aplicativo.

O 30° DIP seguirá investigando o grupo para localizar e prender os outros integrantes da quadrilha.

Nenhum comentário