Últimas do Mix

Prefeitura de Manaus realiza reforma em escola afetada pelas fortes chuvas no Jorge Teixeira

Foto: Osmar Neto/Seminf
O prefeito em exercício e titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), Marcos Rotta, acompanhado do secretário municipal de Limpeza Urbana, Sabá Reis, do subsecretário municipal de Educação, Marcelo Campbell, e do deputado estadual Sinésio Campos, vistoriou o serviço de reforma, em andamento, no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Cacilda Pinto de Lima, localizado na 4ª etapa do bairro Jorge Teixeira, zona Leste. A estrutura da escola foi comprometida devido às fortes chuvas ocorridas no último fim de semana.

Além dos reparos no prédio, o prefeito em exercício assegurou que outros serviços de infraestrutura serão realizados nas ruas adjacentes. “Vistoriei o entorno da escola nas ruas por onde passa o igarapé. O secretário de Limpeza Urbana, Sabá Reis, garantiu que vai retirar os detritos do igarapé para que, posteriormente, a Seminf possa trabalhar na contenção com rip rap e desobstrução de bueiros. Vamos dar celeridade aos trabalhos realizados no local, intensificando a parceria  com o pacote de ações preventivas em combate à cheia de 2022, como determina o prefeito David Almeida”, disse Rotta.

A Semulsp está realizando serviços de capinação, podagem de árvores e limpeza do igarapé. O titular da pasta, Sabá Reis, afirma que os trabalhos estão sendo feitos de forma emergencial. “Em nome do prefeito David, estamos cuidando de antecipar nossas ações, para evitar os estragos da chuva. Aqui no Jorge Teixeira, estamos fazendo toda a limpeza da área, uma parceria da Seminf e da Semulsp. Seguimos visitando outros locais e suas necessidades”, disse Reis.

O alagamento que ocorre frequentemente na escola e nas residências provém do igarapé do Mindu, que tem o trecho assoreado e poluído com pneus e lixos domésticos. A gestora do Cmei, Maria Joana Soares, explica que a falta de conscientização da população influi para o alagamento, mas que também há problemas muito antigos na estrutura da escola.

“Neste fim de semana, devido às chuvas, o pátio alagou. Tivemos um problema na calha, que ficou entupida com folhas de árvore, e que agora está sendo solucionado, graças ao prefeito e aos secretários, que prontamente nos atenderam”, disse a gestora.

Os trabalhos iniciaram na manhã de segunda-feira (03), e seguem para a fase de finalização. O subsecretário da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Marcelo Campbell, informa que a obra não deve comprometer o início do ano letivo. “A Semulsp já cortou a árvore, limpou a calha e agora está fazendo a impermeabilização. O problema de vazamento já foi resolvido. Os estudantes estarão de volta à escola no tempo certo”, assegurou.

“Esse é um prédio alugado, que está em boas condições, mas precisa receber alguns pequenos reparos. Então, estamos mexendo nessa parte do telhado, na calha, e vamos colocar antiderrapante na área onde as crianças circulam. O prefeito em exercício, Marcos Rotta, vai ajustar a parte de fora, e no entorno, onde é necessário desassorear o igarapé, desobstruir os bueiros entupidos com lixo doméstico, afinal é isso que contribui para o alagamento na escola e nas residências”, finalizou Campbell.

Dando sequência às ações e vistorias, Rotta acompanhou a chegada das máquinas que irão trabalhar no desassoreamento de aproximadamente um quilômetro do igarapé Frei Galvão, localizado na rua Itaetê, comunidade Frei Galvão, bairro Amazonino Mendes. Na sequência, a Semulsp irá fazer a limpeza da área.

*Com informações da Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário