Últimas do Mix

Vulgo ‘Helinho’, assassinado no Mutirão era viciado em fazer arrastões pela cidade

Foto: Divulgação
O jovem, identificado como Ronald Farias dos Santos, vulgo Helinho, de 24 anos, assassinado a tiros dentro de uma loja de roupas no conjunto Mutirão, na Zona Norte de Manaus, nessa terça-feira (11), era acostumado a fazer arrastões pela capital amazonense.

De acordo com informações divulgadas pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), Ronald foi preso em 2019 após cometer diversos assaltos a mão armada no bairro Monte das Oliveiras. Ele, e mais um comparsa, abordava as vítimas nas ruas e paradas de ônibus, subtraiam os celulares delas e fugiam.

Além disso, recentemente Helinho esteve envolvido em outros assaltos, inclusive dentro de ônibus do transporte público, porém, não havia sido identificado. Como resultado do estilo de vida do meliante, já estava sendo jurado de morte há alguns meses.

Na tarde de ontem (11), Ronald Farias foi alvejado a tiros por uma dupla em uma motocicleta, na rua Itaite, no Mutirão, Zona Norte de Manaus.

Nenhum comentário