Últimas do Mix

Vasco busca reabilitação diante do Bangu para não ver vaga no G-4 ameaçada

 

Reprodução

Dificilmente as semifinais do Campeonato Carioca não vão reunir os quatro grandes do estado, tamanha a vantagem técnica das equipes de ponta nesta temporada. Mesmo tranquilo na tabela, o Vasco entra em campo nesta quinta-feira, diante do Bangu, às 20h30, em São Januário, buscando reabilitação após derrota no clássico para o Botafogo. A ordem é ganhar para não ver sua vaga entre os melhores ameaçada.

Com o tropeço diante do Botafogo, o time cruzmaltino despencou da liderança para o quarto lugar. Está no limite, ainda com folga sossegada para o quinto lugar. Mas um novo revés pode começar a deixar a situação delicada e, por isso, o foco é mostrar que a primeira derrota na Taça Guanabara não passou de acidente de percurso.

"É um novo começo, sempre bom dizer isso. O Vasco tem tido essa nova fase vencedora, começamos fazendo um ótimo estadual. Temos feito grandes jogos, independentemente da derrota no jogo passado. Podemos evoluir muito e estamos felizes com esse início", afirma o goleiro Thiago Rodrigues, um dos tantos reforços do time para a temporada.

Apesar do discurso otimista, os vascaínos sabem que terão um inimigo íntimo em São Januário. O Bangu é dirigido pelo ex-lateral-esquerdo Felipe, um dos grandes ídolos da história do clube. Thiago Rodrigues mostra enorme respeito ao treinador rival, mesmo assim, não esconde a obrigação dos mandantes.

"Felipe descarta apresentações, tem seu nome na parede dos grandes jogadores do Vasco. Muito respeito por ele e por sua equipe. Esperamos um jogo difícil, mas sabendo nossos objetivos no Carioca. Com os pés no chão vamos com tudo para fazer um grande jogo", promete o goleiro.

"Acredito que vai ser um grande jogo. Eles têm uma equipe muito boa, bem treinada pelo Felipe, um treinador inteligente. Não é à toa que eles conseguiram vencer o Fluminense. Precisamos estar ligados e procurar colocar em prática tudo que o professor Zé Ricardo nos passou para sairmos de campo com a vitória", endossa o volante Matheus Barbosa.

O técnico Zé Ricardo terá o retorno do lateral-direito Weverton, que cumpriu suspensão diante do Botafogo, em São Luis. Luís Cangá e Riquelme podem ser outras novidades no setor defensivo, nas vagas de Ulisses e Edimar, respectivamente.

Depois de surpreender o Fluminense na estreia, o Bangu não somou mais vitórias na Taça Guanabara. São cinco jogos sem triunfos e três sem anotar gols. Pela primeira vez treinando um time contra o Vasco, Felipe Loureiro, ou Maestro para os vascaínos, espera surpreender com seu conhecimento do rival e dos "caminhos" em São Januário.

O jogo terá um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do temporal que custou estragos e mortes em Petrópolis e São Januário será posto de coleta de doações para os moradores desabrigados da cidade serrana.



Estadão Conteúdo*

Nenhum comentário