Últimas do Mix

Operação 'Calçada livre' monitora veículos estacionados em calçadas em Manaus

 

Fotos – Divulgação / IMMU

Com o objetivo de conscientizar lojistas e donos de empreendimentos a não estacionar veículos sobre passeios públicos e calçadas, a Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), deu início, nesta segunda-feira, 14/3, à operação “Calçada Livre” nas zonas Oeste e Centro-Oeste da cidade.  A ação visa os estacionamentos que impedem a circulação de pedestres.

“Essa operação tem o cunho educativo. No primeiro momento estamos visitando comércios, lojas e oficinas, para orientar os proprietários a conseguirem espaços para estacionamentos dos clientes. A partir da próxima visita, faremos o que determina a legislação de trânsito, vamos autuar e remover os veículos que estiverem estacionados de forma irregular. O pedestre precisa transitar na calçada e não pode correr o risco de sofrer acidentes”, afirmou o chefe de Fiscalização do IMMU na zona Oeste, Ian Domingues.

Os agentes do IMMU percorreram as principais vias dos bairros Redenção e Alvorada I. Na operação, os motoristas também receberam as informações sobre as penalidades em casos de estacionamentos e paradas proibidas.

Segundo o Código Brasileiro de Trânsito (CTB), estacionar no passeio público é uma infração considerada grave. Com multa de R$ 195,23 e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A medida administrativa para esse tipo de infração é a remoção do veículo.


Nenhum comentário