Últimas do Mix

Sem jogar bem, Flamengo vence o Sporting Cristal por 2 a 0

Foto: Reprodução/Twitter/LibertadoresBR

Após horas de indefinição a respeito da realização do jogo em Lima, por conta da crise e protestos na capital peruana contra o Governo, Sporting Cristal e Flamengo entraram em campo e, no Estádio Nacional, o Rubro-Negro estreou no Grupo H da Libertadores com vitória: 2 a 0, com gol de Bruno Henrique e Matheuzinho - lateral que também contribuiu com uma assistência na partida. O resultado pode aliviar a pressão, mas não esconde os problemas da equipe.

Nesta quarta, às 19h, Talleres (ARG) e Universidad Católica (CHL) se enfrentam no Mario Alberto Kempes, em Córdoba. A próxima rodada do Grupo H já é na próxima semana, com o Flamengo recebendo o time argentino no dia 12, no Maracanã. Antes, o Rubro-Negro estreia no Brasileirão contra o Atlético-GO, no sábado. Confira as datas e detalhes das tabelas da Libertadores e do Brasileiro!

EM ETAPA INICIAL SEM EMOÇÃO, BH FAZ HISTÓRIA!

Questionado por fatores dentro e fora de campo após o vice do Carioca, o time de Paulo Sousa apresentou algumas mudanças em relação aos últimos jogos. Não apenas na escalação - alterada pelo Mister como de costume -, mas em sua formação tática e disposição. Com um meio de campo reforçado (Willian Arão, Thiago Maia e Andreas Pereira iniciaram), o Flamengo também esteve posicionado no 4-4-2 em alguns momentos, com Matheuzinho como lateral.

Diante de um rival tecnicamente frágil, o Rubro-Negro teve problemas na saída de bola logo no início, quando o Sporting Cristal subiu a marcação. Após o rival diminuir a intensidade, o Flamengo não sofreu grande ameaça, apesar de, com a bola, ainda ter muita dificuldade na criação. Tanto que finalizou contra a meta de Duarte só duas vezes. A primeira foi aos 2 minutos de jogo, com Andreas.

Aos 23, Bruno Henrique abriu o placar aproveitando os erros rivais, e o passe de Matheuzinho, em falha na saída de bola do time de Roberto Mosquera. Um gol histórico de BH, que igualou a marca de Zico, pelo Flamengo, na Liberta. As emoções da primeira etapa no Estádio Nacional de Lima se resumiram a isso.

SPORTING CRISTAL AMEAÇA, MAS NÃO FAZ!

Se, no primeiro tempo, a atuação burocrática garantiu 45 minutos sem sustos ao Flamengo, o mesmo não ocorreu após o intervalo. A intensidade do Flamengo voltou a cair e, diante dos erros de passes e outras falhas, o Sporting Cristal entrou no jogo. Ofensivamente, o time de Paulo Sousa também foi mal.

Em bolas alçadas na área, o time da casa teve as melhores chances, mas parou em Hugo na melhor delas. O goleiro fez uma defesaça, à queima-roupa, em chute de Ávila aos 23. Antes e depois, Gustavo Henrique e David Luiz fizeram cortes providenciais, garantindo os três pontos para o Rubro-Negro em Lima.

RIVAL PERDE O GÁS, E MATHEUZINHO FAZ O DA VITÓRIA!

A partir dos 30 minutos, o Sporting Cristal não conseguiu manter o ritmo. O time peruano demonstrava cansaço e, assim, o Flamengo não sofreu sustos no fim. Além disso, com as entradas de Matheus França, Lázaro e Pedro, ganhou mais velocidade. E foi assim que Matheuzinho, aos 41, avançou até dentro da área e finalizou cruzado, dando números finais à estreia do Flamengo na Copa.

FICHA TÉCNICA

SPORTING CRISTAL 0X2 FLAMENGO

Estádio: Nacional de Lima, em Lima (PER)

Data e hora: 5 de abril de 2022, às 22h (de Brasília)

Árbitro: Jhon Ospina (COL)

Assistentes: Alexander Guzmán (COL) e Wilmar Navarro (COL)

Renda/Público: Portões fechados

Gols: Bruno Henrique (0-1, 23'/2ºT) e Matheuzinho (0-2, 42'/2ºT)

Cartão amarelo: Merlo (SPC); Thiago Maia, Willian Arão e Matheuzinho (FLA)

Cartão vermelho: Não houve.

SPORTING CRISTAL (Técnico: Roberto Mosquera)

Alejandro Duarte; Madrid, Chávez, Merlo e Loyola; Castillo, Calcaterra, Leandro Sosa (Távara, 28'/2ºT) e Christofer Gonzáles; Ávila (Fernando Pacheco, 28'/2ºT) e Liza.

FLAMENGO (Técnico: Paulo Sousa)

Hugo Souza; Gustavo Henrique, David Luiz e Filipe Luís (Léo Pereira, 13'/2ºT); Matheuzinho, Willian Arão (Matheus França, 39'/2ºT), Andreas Pereira, Thiago Maia (João Gomes, 13'/2ºT) e Everton Ribeiro (Lázaro, 26'/2ºT); Bruno Henrique e Gabigol (Pedro, 39'/2ºT). 

Lance!

Nenhum comentário