Últimas do Mix

Soldados russos morrem após comerem pães envenenados por civis

 

Foto: Media: Pirozhki

Ao menos dois soldados russos morreram e 28 estão internados depois de comerem pães recheados envenenados entregues a eles como 'presentes' por ucranianos que moram na cidade de Izium, perto de Kharkiv, segundo o Ministério da Defesa da Ucrânia ao jornal britânico Daily Mail.

De acordo com o jornal, os pães foram entregues aos militares da 3ª Divisão de Fuzileiros Motorizados da Rússia. Os 28 sobreviventes estão em tratamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Outros mais de 500 soldados também estão hospitalizados devido a uma "intoxicação alcoólica grave de origem desconhecida".

Conforme noticiou o Daily Mail, a sabotagem, com veneno, é a mais recente estratégia de guerra civil dos ucranianos que tentam desafiar as tentativas russas de invadirem suas cidades.

O envenenamento se dá em meio à retirada de tropas russas de cidades ucranianas e às descobertas de mais de 400 corpos de civis com sinais de execução na cidade de Bucha. O presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, acusa a Rússia de promover um genocídio contra o povo ucraniano.


Pães recheados

O pão recheado que teria sido usado para envenenar os soldados tem o nome de pyrizhky e é uma iguaria muito famosa na Rússia e na Ucrânia. 

Trata-se de uma massa fechada com recheio doce ou salgado e que pode ser assada ou frita. As salgadas geralmente levam recheios de carne ou batatas. Já as doces podem ser feitas com maçãs, damascos, cerejas, ameixas ou queijo.

Os pyrizhkys são servidos, em geral, como aperitivos ou sobremesas para complementar uma refeição.



Terra*

Nenhum comentário