Últimas do Mix

Artesão amazonense homenageia Zezinho Corrêa por meio de edital de cultura da Prefeitura de Manaus

Foto – Oliveira Junior / Manauscult

O artesão amazonense Renan Nunes, 35 anos, criador de estatuetas personalizadas com materiais recicláveis e um dos contemplados no edital “Prêmio Manaus Zezinho Corrêa 2021”, lançado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), realizou, na tarde desta sexta-feira, 27/5, no Museu da Cidade de Manaus (Muma), na rua Gabriel Salgado, no Paço da Liberdade, centro histórico, a entrega de uma estatueta em biscuit, inspirada no cantor Zezinho Corrêa, morto em fevereiro de 2021, vítima de Covid-19, ao filho do artista, Olin Rodrigo Corrêa Brandão. 

O artista, um dos 269 contemplados pelo edital de cultura da prefeitura, com o projeto “Live exposição – bonecos de personalidades do Amazonas”, confeccionou o objeto, utilizando materiais recicláveis, como garrafa PET, papelão, papéis, jornais, arame reutilizável e massa biscuit (porcelanato frio). 

Mais apoio  

O diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, comenta sobre o novo edital de cultura da prefeitura, que será lançado em junho, buscando impulsionar a cadeia da economia criativa em Manaus. 

“Conforme pedido do prefeito David Almeida, lançaremos no próximo mês o novo edital de apoio à classe artística. Nos próximos dias estaremos também, em parceria com o Sebrae no Amazonas, lançando mais de 300 vagas no curso de elaboração de projeto para captação de recursos, que será realizado por meio do Programa Municipal de Formação Artístico Cultural (Promfac), buscando formar, qualificar e aprimorar o conhecimento, para que os artistas possam pleitear editais. Além disso, vai ter um grande diferencial, principalmente para os novos talentos”, ressaltou Oliveira. 

O artesão Renan Nunes fala que participou pela primeira vez de um edital, e de como surgiu a ideia de homenagear o artista Zezinho Corrêa. 

“Esse foi o primeiro edital que participei. Escrevi o projeto e fui premiado, fiquei muito contente, porque era um barreira para mim participar de editais. Achava um pouco complicado, mas vi um vídeo do Jander Manauara, que estava incentivando os artistas a se inscreverem no edital da prefeitura. Resolvi participar com esse projeto, que era para fazer personalidades do Amazonas, e ainda que não levasse o nome do artista, que não tivesse referências a ele, para mim era alguém que merecia essa homenagem” explicou. 

O filho do artista Zezinho Corrêa, Olin Rodrigo Corrêa Brandão, recebeu a estatueta em nome da família e agradeceu pelo trabalho realizado pela prefeitura. 

“Estou mais do que feliz, animado e empolgado por esse lindo presente. Só o que eu tenho a dizer é muito obrigado pelo trabalho que a prefeitura vem desenvolvendo com esse edital. Tenho certeza que o Zé iria adorar esse presente. É maravilhoso”, agradeceu. 

Os interessados no trabalho do artista Renan Nunes podem entrar em contato pelo perfil oficial do artista no Instagram (@renan.artes).

 Edital Zezinho Corrêa 

A Prefeitura de Manaus lançou o edital “Prêmio Manaus Zezinho Corrêa 2021”, no dia 16 de março de 2021, e representa um investimento total na cadeia econômica da cultura na capital amazonense superior a R$ 1 milhão. O edital é dividido em nove segmentos artísticos: artes visuais, audiovisual, circo, dança, hip-hop, literatura, manifestações culturais, música e teatro. Em todas as categorias, os prêmios estão distribuídos em valores de R$ 1,9 mil, R$ 3,7 mil, R$ 4,6 mil, R$ 5 mil, R$ 6 mil e R$ 10 mil.

Nenhum comentário