Últimas do Mix

Canadá registra casos de bactéria comedora de carne em cachorros

 

Freepik

Bactérias comedoras de carne causam uma doença chamada fasceíte necrosante, que é rara e de alto risco de morte em pessoas. Agora, casos desse problema foram relatados em vários cachorros da ilha de Vancouver, no Canadá.

À emissora canadense CTV News, o Hospital Veterinário de Emergência da Ilha Central (Central Island Veterinary Emergency Hospital) diz que os donos de cães não devem entrar em pânico, mas precisam estar cientes aos sinais da doença.

A fascite necrosante pode afetar pele, gordura e fáscia (tecido que envolve os músculos). A doença pode infectar um animal de estimação por meio de perfurações ou infecções de pele, e nem sempre parece uma ferida óbvia, de acordo com o hospital veterinário.

“A fasceíte necrosante é uma doença incomum em cães, mas dada a quantidade de casos que vimos recentemente, é importante que nós, como donos de animais de estimação estejamos vigilantes”, afirma Nikolas Bell, diretor médico do hospital, citado pela CTV News.

Ele cita dor localizada, inchaço e febre como sinais de alerta para os tutores procurarem atendimento médico.

Bell garante à emissora que não há uma ligação confirmada entre os casos de bactéria comedora de carne nos pets infectados em Vancouver.

Nos últimos sete meses, ao menos seis cães foram atendidos com a fasceíte necrosante no Hospital Veterinário de Emergência da Ilha Central. Infelizmente, cinco deles precisaram passar por eutanásia após o quadro de saúde piorar drasticamente em 48h após a internação.


Trends BR*

Nenhum comentário