Últimas do Mix

Tirar CNH sem autoescola é o que visa novo projeto de lei

 

Foto: Antônio Cruz

A retirada da carteira de habilitação é necessária para que uma pessoa consiga dirigir de maneira legal. Atualmente no Brasil, para que esse documento seja retirado é preciso a realização de aulas práticas e teóricas em uma autoescola oficial, além de exames de direção, que definirão se uma pessoa está apta ou não para ser habilitada.

Novo projeto pode isentar aspirantes de autoescola

O projeto de lei que voltou a ser analisado quer mudar a forma como é emitida a carteira de habilitação. A proposta da PL 6485/19, de autoria da senadora Katia Abreu, pretende isentar as pessoas de passar pela autoescola e cumprir carga horária mínima de aulas para conseguir a tão sonhada carteira de motorista.

Segundo a senadora, a retirada da permissão para dirigir no Brasil se torna extremamente cara, pois as taxas cobradas pela autoescola são altas. Atualmente, para conseguir tirar a carteira uma pessoa precisa desembolsar cerca de 3 mil reais.

Projeto volta a ser analisado

A ideia do projeto é baratear essa aquisição. Os exames continuarão acontecendo, mas cada aluno poderá estudar por conta própria e fazer a prova. É claro que por se tratar de um carro, a pessoa que deseja ser habilitada na direção precisa saber de todas as normas de trânsito, além de precisar saber conduzir bem o automóvel e isso seria feito individualmente, fora das autoescolas. 

Sem as autoescolas, as provas ficarão um pouco mais criteriosas e os alunos precisarão estar mais atentos. O projeto foi criado em 2019 e voltou a ser analisado novamente, ainda não há previsão sobre andamento e nem se sabe se será votado.


Fonte: I7 News

Nenhum comentário