Últimas do Mix

VÍDEO: Leão arranca dedo de homem que tentava acariciá-lo em zoológico

 

Reprodução

Visitantes de um zoológico na Jamaica testemunharam um leão arrancando brutalmente os dedos de um homem que colocou a mão dentro da jaula do felino na tentativa de acariciá-lo. O terrível incidente ocorreu no Jamaica Zoo, em St Elizabeth, na sexta-feira (20/05).

Segundo a mídia local, o homem é um funcionário do estabelecimento, que tentava impressionar a multidão. De acordo com uma visitante, que não quis ser identificada, o leão arrancou toda a parte superior do dedo, desde a primeira articulação. Ela relatou ao jornal local que cerca de 15 pessoas estavam no local no momento.

“Toda a pele e quase a primeira articulação do dedo dele se foram. Eu fugi da coisa toda, porque não gosto de ver sangue e era muito agoniante para mim”, declarou a mulher ao Jamaica Observer.

O trabalhador foi visto gritando palavrões enquanto lutava para tirar os dedos da boca do leão, antes de finalmente se livrar e cair no chão. Segundo relatos, o público não levou a sério a situação na hora, pois achavam que fazia parte do show do zoológico.

“Quando aconteceu, pensei que era uma piada. Não achei que fosse sério e não percebi a gravidade, uma vez que é o trabalho deles essas performances. Ficamos atordoados!”, disse a visitante.

Há relatos de que, após o caso, o funcionário do zoológico foi visto caminhando até um veículo antes de sair do zoológico. Não se sabe o estado de saúde dele.


Investigações

O Jamaica Zoo tem uma série de animais, incluindo lhamas, zebras, macacos, crocodilos e tucanos. A gerência afirmou não estar ciente do ocorrido e uma outra fonte policial sênior também afirmou desconhecer o ataque.

A diretora-gerente da Sociedade Jamaicana para a Prevenção da Crueldade contra os Animais, Pamela Lawson, disse ao Jamaica Observer que investigaria o incidente.

“Nós iremos até lá e eu me comunicarei com a Agência Nacional de Meio Ambiente e Planejamento, que supervisiona o Jamaica Zoo”, disse ela.


Outros ataques

No início deste ano, um tigre atacou um funcionário do zoológico que não estava autorizado a ficar perto dos grandes felinos quando ele entrou em um recinto repentinamente.

O homem de 50 anos foi levado às pressas para o hospital depois de ser atacado no Wooten’s Airboats, em Everglades, EUA, em março deste ano. Ele sofreu ferimentos graves do ataque na Flórida, mas sobreviveu milagrosamente.

O funcionário, que não tinha permissão para ficar na jaula com o tigre, teria entrado quando o temível animal estava prestes a ser alimentado, disseram as autoridades locais.


Metrópoles*

Nenhum comentário