Últimas do Mix

Família de motorista de ambulância que morreu atropelado pede justiça após acusado ser solto

Foto: divulgação

A família do motorista de ambulância Francisco das Chagas Cavalcante Junior, 49 anos, que morreu após ter sido atropelamento, marcou um protesto previsto para ser realizado neste sábado (25), às 15h em frente ao Teatro Amazonas no Centro de Manaus. O ato acontece após o causador do acidente, Elias Araújo Leite, de 33 anos, ter sido solto depois de pagar fiança. 

A soltura aconteceu após uma audiência de custódia realizada na tarde de segunda-feira (20), em que Justiça concedeu liberdade provisória a Elias mediante pagamento de fiança no valor de 20 salários mínimos.

Quando foi preso no domingo (19),no dia do acidente, Elias foi filmando sorrindo diante da situação.

O motorista da ambulância morreu atropelado enquanto trabalhava no local, e um cadeirante identificado como Francisco Gama que participava de uma corrida também foi atropelado durante um evento esportivo.

Nenhum comentário