Últimas do Mix

Com ampla vantagem, Fluminense vence o Cruzeiro e avança para as quartas de final da Copa do Brasil

Arias abriu o placar para o Flu (Foto: GILSON JUNIOR/ Lancepress)

A terça-feira terminou bem para o Tricolor, que conquistou a vaga para as quartas de final da Copa do Brasil. No Mineirão, o Fluminense venceu o Cruzeiro por 3 a 0, no jogo de volta das oitavas de final da competição. Após um primeiro tempo sem gols, mas com a expulsão de Paulo Pezzolano, Jhon Arias abriu o placar na segunda etapa. Já nos minutos finais da partida, Cano e Nathan marcaram para o Flu.

Com o resultado, o placar ficou acumulado por 5 a 1, após a vitória do Fluminense por 2 a 1 no Maracanã, pelo jogo de ida. Assim, o Tricolor avança para as quartas de final da Copa do Brasil. O sorteio da próxima etapa ocorrerá no fim de junho, e os jogos de ida serão disputados nos dias 27 e 28 de julho. 

PRESSÃO E LESÃO

A partida começou agitada no Mineirão. Nos primeiros minutos, Jhon Arias recebeu a bola de Matheus Martins e finalizou, mas a bola foi para fora. No lance, Willian Oliveira caiu em um movimento defensivo e machucou o ombro. O meia foi atendido, tentou voltar mas não conseguiu. Assim, o Cruzeiro acionou Pedro Castro e fez a primeira substituição da noite.

CARTÃO VERMELHO

Ainda no primeiro tempo, o trio de ataque do Flu arriscou finalizações, mas não levou perigo. Depois, Edu chutou na meta de Fábio, mas o arqueiro fez boa defesa. O Cruzeiro cresceu e conseguiu escanteios, mas não aproveitou as chances. Na reta final, o Tricolor voltou a dominar o jogo. Nos últimos minutos, Pezzolano foi expulso por reclamação. O técnico ficou indignado com uma suposta falta não marcada. Depois da decisão, tentou brigar com o árbitro.

LÁ E CÁ

A segunda etapa começou com pressão do Cruzeiro. No primeiro minuto de jogo, a equipe teve dois escanteios a seu favor. Bidu finalizou cruzado, mas falhou na mira. Na sequência, Cano chegou a arriscar de fora da área e sofreu o corte. Edu esticou para Luvannor, que lançou uma bomba agarrada por Fábio.

GOL

Na metade do segundo tempo, Jhon Arias recebeu livre na área, tirou o ângulo do goleiro e abriu o placar da decisão para o Fluminense. No lance seguinte, Waguininho teve boa chance para igualar mas Fábio fez boa defesa mais uma vez. Aos 39 do segundo tempo, Cano recebeu um cruzamento de primeiro e bateu cruzado para marcar o segundo do Tricolor. Nos acréscimos, Nathan driblou a defesa e fez o terceiro gol da decisão.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO X FLUMINENSE

Data/Hora: 12/07/2022, às 21h

Local: Mineirão (MG)

Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA-SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)

Árbitro de vídeo: Daiane Caroline Muniz dos Santos (FIFA-SP)

Gols: Jhon Arias (26'2T), Cano (39'2T) e Nathan (43'2T)

Cartões amarelos: Adriano (40'1T), Filipe Machado (44'1T), André (47'1T), Manoel (34'2T), Rafa Silva (34'2T)

Cartões vermelhos: Pezzolano (43'1T)

Cruzeiro (Técnico: Paulo Pezzolano)

Rafael Cabral; Léo Pais (Rafa Silva/32'2T), L. Oliveira, Eduardo Brock e Bidu; Willian Oliveira (Pedro Castro/06'1T), Adriano (Rômulo/21'2T), Filipe Machado; Luvannor, Vítor Leque (Waguininho/21'2T) e Edu (Daniel Jr./32'T).

FLUMINENSE (Técnico: Fernando Diniz)

Fábio; Samuel Xavier (David Duarte/40'2T), Nino, Manoel, Caio Paulista; André, Nonato (Martinelli/05'2T), PH Ganso (Felipe Melo/32'2T); Matheus Martins (Nathan/40'2T), Jhon Arias e Cano (Alexandre Jesus/40'2T).

Lance!

Nenhum comentário