Últimas do Mix

Turista cai na cratera do Vesúvio ao tentar recuperar celular após selfie

Vulcão Vesúvio, no Sul da Itália Foto: AFP

Um turista americano caiu na cratera do Monte Vesúvio para recuperar o seu celular. O incidente aconteceu no último sábado (9/7), quando o jovem de 23 anos e sua família chegaram ao cume de 1.281 metros do vulcão que se eleva sobre a cidade de Nápoles, no sul da Itália.

De acordo com o site local "Wanted in Rome", o turista e três parentes contornaram a entrada de visitantes do vulcão, que é um dos mais ativos da Itália, e tomaram uma rota proibida até o cume do ponto turístico.

O jovem de 23 anos, não identificado, estava fazendo uma selfie quando o smartphone escorregou das suas mãos e caiu na boca do vulcão. O homem então desceu para a cratera para tentar recuperar seu telefone. Vários metros depois, ele caiu ao perder o equilíbrio. A cratera do vulcão tem 450 metros de diâmetro e 300 metros de profundidade.

Guias locais e os serviços de emergência conseguiram retirar o homem da cratera e tratá-lo por cortes e hematomas nos braços e nas costas. Não foi informado se o celular foi recuperado.

O ferido e os parentes foram indiciados por invasão de terreno federal.

Numa das erupções do Vesúvio, no ano de 79, cerca de 16 mil pessoas que viviam nas cidades romanas de Pompéia e Herculano morreram. Cerca de 600 mil pesoas vivem no raio de alcance de uma erupção.

Apesar de vários alertas, acidentes com vulcões seguem sendo registrados no Sul da Itália. Em setembro de 2017, um menino de 11 anos e seus pais morreram depois de cair na cratera do Solfatara di Pozzuoli, um dos 40 vulcões na área de Campi Flegrei, a oeste de Nápoles. Acredita-se que o menino tenha desmaiado devido à fumaça do gás vulcânico antes de cair na cratera. Seus pais tentaram salvá-lo, mas a face da cratera desabou.

Miniatura da versão das 12h44min de 13 de maio de 2014

Nenhum comentário