Últimas do Mix

Vídeo: Mulheres destroem restaurante em Nova York por causa de molho que custa US$ 1,75

Mulheres destroem restaurante em Nova York por causa de molho Foto: Reprodução

Três mulheres foram presas e acusadas de roubo e danos materiais após destruírem um restaurante em Nova York, no feriado americano de 4 de julho. O trio atacou funcionários e quebrou parte da estrutura do estabelecimento por ter ficado irritado com a cobrança por molho extra. O condimento custa US$ 1,75 (equivalente a R$ 9,20).

— Eles queriam molho extra para as batatas fritas e, quando explicamos que custa US$ 1,75, eles ficaram chateados. E foi aí que tudo começou — disse o chef Rafael Nuñez, do restaurante Bel Fries, segundo o jornal "The Independent''.

Nuñez gravou um vídeo que mostra parte do ataque promovido pelas mulheres. As imagens rapidamente viralizaram nas redes sociais e resultaram na identificação das suspeitas.

Pearl Ozoria, de 27 anos, Chitara Plasencia, de 25 anos, e Tatiyanna Johnson, de 23 anos, foram reconhecidas e acabaram presas pela polícia de Nova York.

O trio é acusado de ter destruído computadores, uma caixa registradora e vidraças que separam os atendentes dos consumidores. Elas também aparecem subindo no balcão do restaurante e entrando para a área restrita aos funcionários.

Um dos proprietários do estabelecimento, que pediu para não ter o nome divulgado, afirmou à rede de televisão NBC que seis funcionários estão traumatizados e não querem voltar ao trabalho. No vídeo, uma das suspeitas aparece jogando uma lata de refrigerante contra os atendentes.

— Eles estão devastados. Eles estão com medo. Uma delas ainda não quer sair de casa. Ela tem um filho. Ela teme por sua vida — disse o empresário.

*Extra

Nenhum comentário