Últimas do Mix

Morre primeira vítima diagnosticada com a Varíola dos Macacos no interior do AM

Foto: reprodução 

Por agravo da condição de saúde, morreu um indivíduo do sexo masculino de Parintins, soropositivo, com abandono de tratamento, que apresentou febre, adenomegalia, fraqueza, erupção cutânea sugestivas a Monkeypox na face, nos membros superiores e inferiores. O homem estava internado na Fundação de Medicina Tropical Doutor Vieira Dourado, em Manaus.

Em nota divulgada neste sábado (27/08), a Secretaria Municipal de Saúde de Parintins – Semsa, por intermédio do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS), da Coordenação de Vigilância em Saúde de Parintins, comunicou sobre o primeiro caso confirmado de Monkeypox (Varíola Símia), notificado e residente no município.

O CIEVS-PIN informa que recebeu no dia 18 de agosto, via Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD) FIOCRUZ – AMAZÔNIA que recebe amostra do Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN AM), a confirmação diagnóstica para Monkeypox de um caso notificado no dia 12 agosto por exame laboratorial por PCR em Tempo-Real, com resultado DETECTÁVEL.

A provável fonte de infecção ao vírus monkeypox ainda está em investigação epidemiológica. Conforme orientação do CIEVS Nacional, os casos estão sendo contabilizados pelo local de residência para os residentes no Brasil. Os casos que não residem no Brasil são contabilizados pela UF de notificação. Sendo assim, o município de Parintins passa a ter 01 caso confirmado.

O secretário de saúde, Clerton Rodrigues, salienta que todo caso suspeito de Monkeypox no município deve ser notificado ao  CIEVS Parintins através do e-mail: cievsmunparintins@gmail.com e deve permanecer em isolamento imediato até o desaparecimento das lesões, conforme NOTA TÉCNICA CONJUNTA Nº 025/SES-AM – FVS-RCP – SEMSA Manaus, de 12 de agosto de 2022.

Nenhum comentário