Últimas do Mix

Prefeitura de Manaus leva palestra sobre vigilância sanitária a estudantes de veterinária do Ifam

Foto: reprodução 

A Visa Manaus apresentou, nesta terça-feira, 16/8, a palestra “Vigilância Sanitária: Atuação do Médico Veterinário” para estudantes do curso de medicina veterinária do Instituto Federal do Amazonas (Ifam), com destaque para a importância das ações de vigilância sanitária para o exercício da profissão.

Os fiscais especialistas da Gerência de Vigilância de Alimentos (GVAli) da Visa Manaus abordaram o assunto a partir de duas perspectivas: primeiro, a do trabalho do profissional de veterinária dentro da vigilância, onde este atua na prevenção de doenças relacionadas à manipulação e consumo de produtos de origem animal, como carnes, ovos, hortifrúti e laticínios.

Os fiscais com formação em veterinária sempre participam das inspeções a restaurantes, supermercados, distribuidoras e outros estabelecimentos, onde haja oferta de alimentos para consumo da população.

Em seguida, foi a vez dos médicos veterinários encarregados de funções como Responsável Técnico (RT) e outras que envolvam a supervisão de processos com produtos alimentícios. São esses profissionais que respondem nos casos de irregularidades e infrações encontradas nas fiscalizações, por isso os técnicos da Visa Manaus reiteraram a necessidade de atenção máxima às boas práticas sanitárias.

“É uma segurança que surge desse esforço conjunto, dos fiscais da vigilância municipal e dos profissionais veterinários que zelam pela qualidade dos alimentos manipulados em seus locais de trabalho, e que só tem um fim: garantir que a população de Manaus não seja exposta a doenças decorrentes da contaminação de alimentos”, explica Ricardo Celestino, gerente do GVAli.

O evento de hoje dá continuidade à intensificação das ações educativas da Vigilância Municipal, uma marca da atual gestão, segundo o diretor da Visa Manaus, Ewerton Wanderley.

“A Prefeitura de Manaus tem a visão do trabalho da vigilância não apenas como algo fiscalizatório e eventualmente punitivo, mas principalmente como disseminador de informações, uma ferramenta para o esclarecimento da população que, dotada de conhecimento, pode mudar seus hábitos diários em relação à saúde e prevenir doenças”, afirma.

O Ifam foi a quinta instituição de ensino superior em Manaus a receber a palestra da GVAli. Anteriormente, a apresentação havia sido levada ao Centro Universitário Fametro, à Escola Superior Batista do Amazonas (Esbam), à Universidade Nilton Lins (UniNilton Lins) e ao Centro Universitário do Norte (UniNorte). Mais instituições estão na programação, bem como novas iniciativas educacionais da Visa Manaus.

Nenhum comentário