Últimas do Mix

WhatsApp: é golpe mensagem que oferece Pix de R$ 50 no Dia dos Pais

 

Reprodução

Circula no WhatsApp um golpe que promete dar os usuários um Pix de R$ 50 em comemoração ao Dia dos Pais. Se a vítima for até o fim da fraude, dinheiro nenhum é pago e dados pessoais são roubados.

O golpe foi descoberto pela empresa de cibersegurança Kaspersky, que alerta para o seu funcionamento. A mensagem que circula no WhatsApp afirma que um banco pagará R$ 50 para celebrar o Dia dos Pais.

Se o usuário clica no link recebido, ele se depara com a seguinte mensagem: "Parabéns, você ganhou!". No site falso, a vítima é incentivada a compartilhar sua chave Pix para receber o pagamento, além de ser obrigada a compartilhar o link com outras pessoas no WhatsApp.

De acordo com a Kaspersky, o objetivo dos golpistas é justamente roubar a chave Pix dos usuários, que geralmente é o número de celular ou o CPF. Com essas informações, é possível aplicar outros golpes, como o da clonagem do WhatsApp.

"Temos visto cada vez mais esquemas de  phishing [quando uma mensagem falsa induz o usuário a alguma ação, como clicar em um link] se utilizarem de datas especiais para enganar pessoas", afirma Fabio Assolini, diretor da Equipe Global de Pesquisa e Análise da Kaspersky para a América Latina.

"Adicionar o compartilhamento em uma das etapas torna a fraude ainda mais perigosa, pois eles fazem com que a vítima envie o golpe para amigos e parentes, transmitindo credibilidade ao link fraudulento. O ideal é que o usuário fique atento ao que receber qualquer conteúdo nos aplicativos de mensagens e não compartilhe promoções sem antes verificar nos sites oficiais", orienta o especialista.

As dicas para não cair nessa fraude são as mesmas para evitar cair em outros golpes que circulam no mensageiro e em outras plataformas. Confira:

  • Suspeite sempre de links recebidos por e-mails, SMS ou mensagens de WhatsApp;
  • Sempre verifique o endereço do site para onde foi redirecionado, endereço do link e o e-mail do remetente para garantir que são genuínos antes de clicar, além de verificar se o nome do link na mensagem não aponta para outro hyperlink;
  • Verifique se a notícia é verdadeira acessando o site oficial da empresa ou organização ou os perfis nas redes sociais;
  • Se não tiver certeza de que o site é real e seguro, não insira informações pessoais;
  • Mantenha um antivírus instalado e atualizado.





Fonte: Ig

Nenhum comentário