Últimas do Mix

Piercing que estava há cinco anos no pulmão de paciente é encontrado

 

Imagem: Reprodução

Um jardineiro de Cincinnati, Ohio, procurou o pronto-socorro de um hospital após sentir fortes e insistentes tosses, além de reclamar que “algo estava bloqueando as vias aéreas”. Os médicos o mandaram fazer um exame de raio-X acreditando que poderia ser uma pneumonia, entretanto a imagem mostrou que a causa do incômodo era na verdade um piercing de nariz que o paciente havia perdido há mais de cinco anos. 

Joey Lykins, de 35 anos, acredita que o objeto de 0,6 polegadas embutido no seu lobo superior esquerdo do pulmão tenha sido inalado durante o sono. Ele afirma que o objeto de metal “sumiu” em uma manhã há cinco anos. Ao acordar, ele notou que o piercing não estava mais em seu nariz.

“Virei meu quarto de cabeça para baixo”, revela o rapaz que deu o objeto por perdido e decidiu comprar outro. “Eu nunca imaginei que poderia ser isso que estivesse causando as minhas tosses, porque nunca foi um problema. Nunca ouvi falar de isso acontecer antes”.

Médicos, entretanto, revelam que o caso não é raro, e que pessoas podem engolir ou inalar joias e objetos com certa frequência, pois com uma simples batida no nariz, ou uma coceira, podem fazer esses objetos se soltarem em uma narina ou até mesmo dentro da boca.

Embora, os profissionais dizem que normalmente é “seguro”, algumas peças podem ser pontiagudas ou com textura áspera e podem ficar presas ou rasgar o tecido.

No caso de Lykins, uma broncoscopia foi realizada três dias após os médicos encontrarem o objeto. O procedimento é realizado por um tubo que passa lentamente pela garganta do paciente chegando até o pulmão afetado. O objeto se prende ao tubo e é alçado lentamente para fora do sistema. Normalmente o exame é feito para ajudar a diagnosticar infecções, limpar bloqueios ou remover objetos dos pulmões.

Fonte: IG

Nenhum comentário