Últimas do Mix

Protestos no Irã se intensificam e número de mortos sobe


Foto: Divulgação
Três pessoas, incluindo um membro das forças de segurança, foram mortas durante os protestos no Irã, nesta quarta-feira (21/09). As manifestações já estão no quinto dia, devido à morte de uma mulher sob custódia policial.

Grupos de direitos humanos relataram que pelo menos mais uma pessoa morreu nessa terça-feira, o que elevaria o número de mortos para pelo menos sete. A morte, na semana passada, de Mahsa Amini, de 22 anos, que foi presa pela polícia moral em Teerã por “trajes inadequados”, desencadeou revolta por questões como liberdades na República Islâmica e uma economia sofrendo com as sanções.

Depois de começar, no sábado (17/09), no funeral de Amini na província do Curdistão do Irã, os protestos tomaram conta de grande parte do país, provocando confrontos enquanto as forças de segurança tentavam suprimi-los.

O líder supremo aiatolá Ali Khamenei não mencionou os protestos – alguns dos piores distúrbios do Irã desde os confrontos de rua no ano passado por falta de água – durante discurso feito hoje sobre a guerra Irã-Iraque, de 1980 a 1988.

Fonte: É FATO

Nenhum comentário