Últimas do Mix

Representantes do Ministério da Saúde reconhecem qualidade da maternidade Moura Tapajóz durante visita técnica

Foto – Elienai Emanuel / Semsa

A Prefeitura de Manaus acompanhou representantes do Ministério da Saúde (MS), na tarde desta quinta-feira, 15/9, em uma visita técnica na maternidade municipal Doutor Moura Tapajóz, localizada na avenida Brasil, bairro Compensa, zona Oeste. Na ocasião, as equipes do MS reconheceram a segurança e a qualidade dos serviços prestados na unidade, coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).


A visita técnica integra a programação do Ministério da Saúde para implementação da Rede de Atenção Materna e Infantil (Rami) no município. A diretora de Atenção Primária da Semsa, Sonja Farias, que acompanhou a visita, explicou que a Rami irá aprimorar o trabalho desenvolvido a partir da Rede Cegonha, política executada desde 2011.

 

“A Rami vem trazer uma ampliação e fortalecimento do cuidado que nós ofertamos para as mães e bebês, desde o período de gestação, parto e pós-parto, até quando essa família retorna para sua casa e é acompanhada pelas unidades básicas de saúde. A gente sabe que a população está crescendo, e essa atualização vem apoiar a assistência em saúde que disponibilizamos a nossa população”, disse.

 

Sonja ressaltou que a maternidade Moura Tapajós é a única da capital administrada pela prefeitura, sendo referência na assistência às mulheres manauaras, e também da região metropolitana.

 

A diretora da unidade, Núbia Cruz, informa que a Moura desenvolve as estratégias inerentes à Rede Materno Infantil, promovendo o vínculo entre mãe e bebê, e que oferece UTI, ultrassom e todos os serviços de planejamento reprodutivo. Segundo ela, a maternidade desenvolve um trabalho de apoio às mulheres, com equipes preparadas para o acolhimento, com capacitação técnica e sensíveis à necessidade de promover bem-estar às gestantes, aos recém-nascidos e aos acompanhantes.

 

A diretora do Departamento de Saúde Materno Infantil, do Ministério da Saúde, Lana Lourdes Aguiar Lima, informou que as equipes estão visitando todos os estados da federação para qualificar os gestores e profissionais de saúde sobre a nova política de Atenção Materno Infantil, a Rami. A nova proposta traz aprimoramento, expansão e reestruturação da rede.

 

“A Moura é uma maternidade importantíssima para a cidade, até pela proximidade com a ponte, para receber pessoas do entorno, e oferece um cuidado muito bom há bastante tempo. Ela é adequada em critérios de segurança e qualidade e a gente espera que isso seja mais uma ajuda, mais um aprimoramento, para que possamos desenvolver o cuidado adequado para esse público”, contou.

 

Lana Lourdes acrescentou que o acompanhamento de perto das ações desenvolvidas nas maternidades se mostra ainda mais urgente nesse cenário de pandemia, quando houve um aumento nos níveis de mortalidade materna no País.

Nenhum comentário