Últimas do Mix

Vacinadores recebem orientação para atuar na Campanha de Vacinação Antirrábica Animal


Fotos – Divulgação / Semsa
 O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) Dr. Carlos Durand, da Prefeitura de Manaus, localizado na avenida Brasil, no bairro Compensa, zona Oeste, iniciou na manhã desta quarta-feira, 21/9, o treinamento dos 300 vacinadores que irão atuar durante a Campanha de Vacinação Antirrábica Animal de 2022.

O treinamento, realizado na sede do CCZ, segue até esta quinta-feira, dia 22, dividido em quatro turmas, abordando a estratégia de execução de campanha, informações sobre a raiva, sintomas da doença nos animais, orientações para aplicação da vacina, conservação das doses do imunizante, descarte adequado do material após a vacinação, e informações do comprovante de vacina que será entregue para o tutor do animal e que serão utilizadas na tabulação de dados para o relatório final da campanha.

Com uma duração de 45 dias úteis, a campanha será iniciada na sexta-feira, 23/9, e tem como meta imunizar 237.518 animais, sendo 161.110 cães e 76.408 gatos, o que representa a vacinação de 80% da população estimada de cães e 100% da população de gatos, como recomendado pelo Ministério da Saúde para o controle e prevenção da doença.

O diretor do CCZ, médico veterinário Rodrigo Rodrigues, destaca que a vacinação de cães e gatos contra a raiva é obrigatória e deve ser feita anualmente. “A vacina é muito importante, porque a raiva não tem cura. É uma zoonose, ou seja, pode ser transmitida do animal para o ser humano e a única forma de prevenção é a vacina. Por isso, além da campanha realizada anualmente, o CCZ tem mantido três postos fixos para a imunização dos animais durante todo o ano”, afirmou o diretor.

Estratégia

Como ocorre em todas as edições da campanha antirrábica animal, a ação será executada por equipes de vacinadores percorrendo as ruas dos bairros, indo aos domicílios para imunizar cães e gatos. O trabalho vai ocorrer simultaneamente em bairros das quatro zonas urbanas de Manaus, de segunda-feira a sábado, das 7h30 às 13h30. Podem ser vacinados animais com pelo menos três meses de idade e que apresentem boas condições de saúde.

Segundo o chefe do Núcleo de Vigilância de Zoonoses do CCZ, Jhonata Calheiros, o cronograma será divulgado semanalmente para que a população fique atenta sobre a visita dos vacinadores. “Os moradores devem colaborar contendo o animal que irá receber o imunizante e informar sobre as condições de saúde para que o vacinador possa avaliar a situação”, explica.

Além da vacinação em domicílio durante a campanha, será mantida a oferta do imunizante em três postos fixos, funcionando de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, e aos sábados, das 7h às 13h, sem precisar de agendamento prévio. Os postos fixos funcionam na sede do CCZ; na Unidade Móvel 1, que está instalada no estacionamento do Centro Universitário Fametro Grande Circular, na avenida Autaz Mirim, nº 8.565, Cidade Nova; e na Unidade Móvel 2, que está no Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignólia, rua Tupinambá, nº 119, Cidade Nova.

A raiva é uma zoonose, causada por um vírus que ataca o sistema nervoso central, transmitida por mamíferos. Pode ser transmitida dos animais para o ser humano, por meio de mordedura, arranhadura ou lambedura, quando ocorre o contato com a saliva de um animal infectado. Animais domésticos, como cães e gatos, e silvestres, em especial morcegos e macacos, são os principais transmissores.

“Como o município de Manaus está situado em região com incidência de morcegos hematófagos e primatas, vetores naturais da raiva, tanto a população quanto animais domésticos são mais suscetíveis à transmissão da raiva. Por isso, a vacinação é uma importante medida para evitar o contágio pela doença”, alerta Jhonata Calheiros.

Para mais informações, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) disponibiliza o Disque Saúde, no 0800 280 8 280, atendendo de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h, e a população também pode entrar em contato via WhatsApp ou e-mails do CCZ: Administração – 98842-8359; Núcleo de Vigilância de Zoonoses – 98842–8508 / serec.manaus@gmail.com; e Núcleo de Controle Populacional Animal – 98842-8540 / nucra.ccz@gmail.com; ou pelo e-mail cczcidadao@pmm.am.gov.br.


Nenhum comentário