Últimas do Mix

Aeroporto de Congonhas retoma voos com filas e lentidão após acidente

 

Fábio Vieira/Metrópoles

Passageiros com voos previstos no aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, ainda enfrentam problemas para conseguir embarcar na manhã desta segunda-feira (10/10). A operação de um dos aeroportos mais movimentados do país foi retomada na noite desse domingo (9), após acidente com um avião de pequeno porte interditar a pista por quase nove horas.

A pista foi liberada para pousos e decolagens às 22h18 e o aeroporto, que fecha durante a madrugada, ficou aberto até a 1h excepcionalmente. Segundo informações da Infraero, na manhã desta segunda (10), 19 voos registravam atraso e 20 tinham sido cancelados.

Passageiros relatam longas filas, bem como lentidão das companhias aéreas para oferecer reacomodação em voos e hospedagens.

Acidente

Após os pneus de um jato executivo estourarem durante o pouso, por volta das 13h30, a pista principal ficou interditada até o fim da noite e ao menos 140 voos tiveram que ser cancelados, segundo a Infraero — 73 saindo do aeroporto e outros 67 que chegariam ou passariam por ele.

Apesar do susto, o jatinho conseguiu evitar um acidente pior e ficou na beira do barranco que separa a pista da avenida que dá acesso ao aeroporto. Ninguém se feriu.

Piloto, co-piloto e três passageiros foram resgatados pelos bombeiros sem ferimentos do avião, que havia partido de Foz do Iguaçu pouco antes.

Passageiros de alguns voos cancelados em Congonhas foram transferidos pelas empresas aéreas para voos partindo de outros aeroportos na região de São Paulo, como Guarulhos e Viracopos, mas milhares passaram horas no saguão esperando por uma solução que acabou não vindo. A maior parte deles só vai conseguir viajar a partir desta segunda-feira (10/10).




Metrópoles*

Nenhum comentário