Últimas do Mix

OMS investiga xaropes contra tosse após morte de 66 crianças

 

Crédito: Tibor13/istock

A Organização Mundial de Saúde (OMS) emitiu um alerta sobre quatro xaropes para tosse e resfriado produzidos pelo laboratório indiano Maiden Pharmaceuticals, que podem ligados a lesões renais graves e morte de 66 crianças na Gâmbia.

A agência de saúde da ONU também informou que está conduzindo uma investigação mais aprofundada com a empresa e as autoridades regulatórias na Índia.

Os produtos em investigação são o Promethazine Oral Solution, Kofexmalin Baby Cough Syrup, Makoff Baby Cough Syrup e Magrip N Cold Syrup.

“Embora os produtos contaminados até agora tenham sido detectados apenas na Gâmbia, eles podem ter sido distribuídos para outros países”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em entrevista coletiva na quarta-feira.

Além disso, a OMS teme que o fabricante possa ter usado o mesmo ingrediente contaminado em outros produtos e distribuído localmente ou exportado. “Portanto, há um risco global”, alertou Tedros.

O governo da Gâmbia investiga os casos desde o mês passado, depois de ter constatado o aumento de casos de lesão renal aguda entre crianças menores de cinco anos no final de julho.


Catraca Livre*

Nenhum comentário