Últimas do Mix

Assembleia Legislativa concorre com projetos na Conferência Nacional da Unale

Foto: Alberto César Araújo/ALEAM.


Amazonas - Dois projetos gestados na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) são finalistas do III Prêmio Assembleia Cidadã, organizado pela União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale): o Programa Educando pelo Amazonas e Ação Empreendedora no Amazonas. O resultado final será anunciado nesta sexta-feira, 11, último dia da 25ª Conferência Nacional da Unale, que acontece na Arena Pernambuco, na região metropolitana de Recife (PE). O presidente da Aleam, Roberto Cidade (UB), comanda a comitiva formada por diversos parlamentares.

Desenvolvido pela Escola do Legislativo José Lindoso, o programa Educando pela Cultura concorre na Categoria Projetos Especiais, ao lado do projeto Politizar, da Assembleia de Goiás (ALEGO) e o Programa Antonieta de Barros e a Inclusão de Jovens em Vulnerabilidade Socioeconômica no Mercado de Trabalho, da Assembleia de Santa Catarina (ALESC).

Já o projeto Ação Empreendedora no Amazonas, coordenado pela Frente Parlamentar Estadual de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Frempeei), compete na Categoria Atendimento ao Cidadão com o programa “Implantação de Ações de Saúde Mental”, da Assembleia do Ceará (ALECE) e o Aplicativo “Agora é Lei”, da Assembleia Legislativa do Paraná (ALPR)

Educando pelo Amazonas

Realizado desde 2017, o Projeto Educando pelo Amazonas tem como objetivo conscientizar as pessoas por meio de atividades culturais sobre a importância, necessidade e a gravidade dos assuntos voltados para cidadania, os direitos da pessoa humana e a prevenção e o combate a violação de diretos.

São objetivos do Educando pelo Amazonas trabalhar temáticas sobre cidadania e direitos civis; educar para a diversidade – étnico-racial, religiosa, de gênero; dar visibilidade ao combate à violência contra crianças, adolescentes e mulheres, e por fim, educar para a diversidade.

Segundo a pedagoga e coordenadora do Projeto, Jacy Braga, alem de Manaus, foram atendidos outros 9 municípios amazonenses. “Estabelecemos uma meta de 10 municípios para 2022. Até agora, atendemos 9 municípios, estando agendado para a próxima semana o encerramento do Programa em Urucurituba”, informou.

Ainda de acordo com a coordenadora, em 2022 foram realizadas seis atividades em Manaus com o atendimento de 857 participantes, além de atividades em nove municípios, totalizando 9.100 atendimentos entre alunos, professores, servidores públicos estaduais e municipais, guarda civil metropolitana, movimentos sociais, associações e moradores das zonas rurais.

Geanne Valente, diretora da Escola do Legislativo, afirmou estar muito feliz com a participação do Amazonas. “Estamos muito felizes por esse momento, com essa troca de experiências. Os participantes da Conferência da Unale nos falaram que o Amazonas está cada vez mais inovador, avançando na Educação realizada pela Escola do Legislativo”, declarou.

A Ação Empreendedora no Amazonas é um projeto executado pela Frente Parlamentar Estadual de Apoio as Micro e Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais (Frempeei), iniciativa do deputado Adjuto Afonso (União Brasil), atual presidente da Frente.

Em 2017, a Frempeei estendeu as atividades aos bairros de Manaus, começando a Ação Empreendedora no Amazonas, tendo em vista o número expressivo de pedidos dos moradores, que alegavam não ter condições de deslocamento. Até 2022 foram atendidos 2.205 empreendedores devidamente cadastrados no banco de dados da Frempeei.

“A Frente Parlamentar deu o pontapé numa ação pioneira, que leva atendimento sobre empreendedorismo aos bairros mais carentes da capital, contando com a parceria do Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AM) e da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam). Nós orientamos, formalizamos e damos a capacitação na Escola do Legislativo, deixando os empreendedores aptos, no que diz respeito a capacitações, a solicitarem linhas de crédito para expandirem seus negócios. Estamos felizes com esse reconhecimento, só em estar na final já nos consideramos vencedores”, explicou Adjuto Afonso.

Nape+

Ainda durante a Conferência foi apresentado pela deputada Therezinha Ruiz (PL), o projeto Nape+Cidadania da Aleam. Ela destacou que esta é uma grande oportunidade de compartilhar experiências e conhecimentos com todos os legislativos do Brasil.

“Nesta 25ª conferência da Unale, como presidente da Comissão de Educação da Aleam, tive a oportunidade de apresentar nosso Projeto Nape+Cidadania que é realizado em parceria com a Escola do Legislativo. O Nape atende inúmeras pessoas e educadores em diferentes serviços como ouvidoria, atendimento psicológico, assistência social, entre outros”, informou.

O Nape atua diretamente junto à Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas na tarefa de análise das condições de funcionalidade do sistema de Educação do Estado do Amazonas e a outros segmentos inerentes, incluindo ações de valorização dos profissionais de Educação através do fomento de iniciação cientifica e disseminação do conhecimento e da cidadania.

Fonte: Assessoria/ALEAM

Nenhum comentário