Últimas do Mix

Coreia do Norte dispara míssil e promete resposta "mais dura" aos EUA

Foto: Governo norte-coreano em um teste de míssil em um local não revelado na Coreia do Norte, fotografia tirada em algum momento entre 25 de setembro e 9 de outubro.

Internacional - A Coreia do Norte disparou um balístico de curto alcance (SRBM), nesta quinta-feira (17/11), alertando para respostas militares mais rígidas aos esforços dos Estados Unidos a fim de aumentar sua presença de segurança na região com seus aliados, dizendo que Washington está fazendo uma "aposta da qual se arrependerá".

O Joint Chiefs of Staff (JCS) discorreu que detectou o lançamento da área de Wonsan, na província de Kangwon, às 10h48, e que o míssil voou cerca de 240 quilômetros em um apogeu de cerca de 45 km a uma velocidade máxima

A Coreia do Norte realizou um número recorde desses testes este ano e também disparou centenas de projéteis de artilharia no mar mais recentemente, enquanto a Coreia do Sul e os Estados Unidos realizavam exercícios, alguns envolvendo o Japão, o que ameaça a soberania da Coreia do Norte e agrava a delicada relação entre Coreia do Norte e Coreia do Sul.

A tensão estendida refere-se à promessa dos Estados Unidos de usar toda a gama de suas capacidades militares, tanto nucleares quanto convencionais, para defender seus aliados. O presidente dos EUA, Joe Biden, reafirmou essa promessa durante uma cúpula trilateral com o presidente sul-coreano Yoon Suk-yeol e o primeiro-ministro japonês Fumio Kishida à margem de reuniões regionais anuais em Phnom Penh no domingo.

Nenhum comentário